Arquivo de julho 30America/Sao_Paulo 2022

Águas do Rio participa da Colônia de Férias das crianças atendidas pelos CRAS de Mesquita

Postado por aguasdorio em 30/jul/2022 - Sem Comentários

Jogos educativos e água geladinha foram oferecidas pela concessionária para cerca de 80 participantes da atividade 

 

As crianças e jovens que fazem parte do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Mesquita participaram, nesta semana, da Colônia de Férias promovida pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do município. Além de manter a garotada hidratada, a Águas do Rio proporcionou um dia de divertimento, com jogos e brincadeiras sobre educação ambiental.

A atividade, realizada no Parque Gericinó, em Nilópolis, contou com cerca de 80 participantes. “Ficamos muito felizes e honrados em participar de eventos e ações nas cidades em que atuamos. Criamos para o nosso público jovem um jogo onde tratamos de forma lúdica e divertida sobre a preocupação com meio ambiente, o descarte correto do lixo, além de fazer com que eles conheçam um pouco sobre a atuação da nossa empresa”, disse Luciana Muniz, coordenadora de Responsabilidade Social, na Baixada Fluminense.

O Serviço de Convivência presta assistência a crianças e adolescentes com idade entre 05 a 17 anos, que se encontram em situações de vulnerabilidade social. O projeto de colônia de férias promove assistência socioeducativa aos seus assistidos durante o período de recesso escolar. Do dia 25 a 30 de julho, os jovens participaram de diversas atividades.

“Durante uma semana de colônia de férias, aproveitando o recesso escolar, as crianças participaram de atividades com a Guarda Municipal com ações socioeducativas; oficinas de artes e dança oferecidas pelo Espaço Convive; natação recreativa; jogos e brincadeiras no Parque Gericinó e Visita ao Unicirco na Quinta da Boa Vista. Nosso objetivo é proporcionar um momento de ampliação do conhecimento e interação com outros crianças”, afirmou Sildivânia Souza, coordenadora do Serviço de Convivência de Mesquita.

Melhora na oferta de água beneficia rede de ensino em Queimados

Postado por aguasdorio em 30/jul/2022 - Sem Comentários

Intervenção amplia abastecimento para unidade que atende cerca de 1.200 alunos na região

 

A rotina de caminhão-pipa foi substituída pela regularidade no abastecimento em uma instituição de ensino pública de Queimados. A Águas do Rio realizou a substituição da rede de água na Escola Municipal Professora Scintilla Exel, no bairro Jardim da Fonte. A mudança deu maior qualidade de vida para os 1.200 alunos, dos três turnos, dos ensinos fundamental, médio e da modalidade EJA, de educação de jovens e adultos.

Antes da intervenção da concessionária no abastecimento da escola, a unidade de ensino chegava a solicitar 60 mil litros de água por semana. Para a secretária municipal de Educação, Zilda Carolina Vargas, a intervenção da Águas do Rio foi de extrema importância no dia a dia da escola. “Após a operação de mudança do ramal, o problema do fornecimento de água foi resolvido. Agradecemos o empenho e parceria da empresa em proporcionar mais qualidade e dignidade aos professores e alunos da nossa escola”, comentou.

Para o diretor executivo da Águas do Rio, Vitor Hugo, as melhorias refletem positivamente na transformação da cidade. “Em nove meses de operação do sistema de Queimados, mais de 110 mil pessoas já foram beneficiadas com as obras de melhorias que aumentaram a oferta de água para a população. Chegamos com a missão de levar água tratada para todas as regiões e universalizar os serviços e estamos trabalhando para cumprir todos os objetivos”, pontua Vitor.

Magé: Águas do Rio promove encontro para explicar melhorias no abastecimento da região

Postado por aguasdorio em 29/jul/2022 - Sem Comentários

Concessionária esteve presente no bairro Jardim São Paulo, o Buraco da Onça

 

Com o intuito de estar mais próximo dos moradores de Magé, entender suas necessidades e explicar sobre as melhorias que serão realizadas em relação ao abastecimento do município, a Águas do Rio promoveu um encontro no bairro Jardim São Paulo, o Buraco da Onça, na última quinta-feira (28). A reunião contou com representantes dos setores operacional, social e comercial para tirar dúvidas da população.

Segundo Marley Caxias, coordenadora de Responsabilidade Social com atuação na Baixada Fluminense, um dos papéis da empresa é ter escuta ativa, a fim de realizar um trabalho mais humano e digno. “Procuramos sempre fazer esse tipo de integração nas localidades onde estamos atuando e isso estreita cada vez mais nossos vínculos de cooperação e confiança com os moradores. Escutar e atender os anseios de quem vive na região nos possibilita executar um serviço pensado nos mínimos detalhes, envolvendo diversas frentes de trabalho”, avaliou.

A moradora Melina de Lima destacou o compromisso da concessionária com a população da localidade. “Essa comunicação e a presença constante da Águas do Rio com o pessoal do bairro é importante para esclarecer as ações que vão ser realizadas e tirar dúvidas. E eu entendo que, quanto mais perto a empresa estiver, mais vão unir os laços com o pessoal daqui. Isso é essencial para os dois lados”, finalizou.

Comunidade Lixão, em Caxias, receberá 6.2km de rede de água

Postado por aguasdorio em 29/jul/2022 - Sem Comentários

Mais de 13 mil moradores serão beneficiados com a iniciativa da Águas do Rio

 

A comunidade Lixão, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, fica localizada às margens de uma das vias mais importantes da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, a Linha Vermelha. Quem trafega por ela, nem imagina o sufoco que as pessoas que ali vivem passam. É o caso de Maria Gorete dos Santos, de 56 anos, que viveu sem água tratada em casa nos últimos 40 anos. “Nós temos que pegar água de outra rua, que fica numa distância de mais ou menos 400 metros”.  A moradora já sabe sobre as melhorias que a Águas do Rio fará na região e antecipa: “ter água na porta vai ser um grande alívio para todos”, afirmou.

Com a chegada da concessionária ao Lixão, Maria Gorete e outros 13 mil moradores da comunidade serão beneficiados com o assentamento de mais de 6,2 quilômetros de rede. A ação acontece através do Vem com a Gente (VCG), programa que já beneficiou mais de 14 mil pessoas na comunidade vizinha, a Vila Ideal.

“Com a obra que estamos realizando no Lixão, moradores que nunca tiveram acesso à água tratada passarão a ter. Vale ressaltar que a região tem várias crianças e idosos que precisam de cuidados especiais” conta Paulo Ricardo, coordenador do VCG na Baixada Fluminense. “Água de qualidade na torneira é saúde, qualidade de vida e dignidade. Estamos transformando vidas e isso é motivo de muita alegria para todos nós”, finalizou.

Nova Iguaçu

Postado por aguasdorio em 28/jul/2022 - Sem Comentários

A Águas do Rio informa que, por solicitação da concessionária, a Cedae adiou para a próxima semana a manutenção preventiva na represa de Tinguá, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. O serviço ocorreria nesta sexta-feira (29/07) e agora acontecerá na terça-feira (02/08). Na ocasião, será realizada a limpeza dos decantadores da unidade de tratamento, operada pela empresa estadual.

A companhia esclarece que solicitou o adiamento da manutenção à Cedae, em virtude da estiagem que assola a Baixada Fluminense (leia mais aqui). Parte do abastecimento da região é realizado através da captação de água nas represas do Sistema Acari, que, no momento, operam com baixa vazão, em virtude da falta de chuvas. Como a previsão indica a ocorrência de precipitação na Região Metropolitana do Rio no próximo fim de semana, a expectativa é que os níveis dessas represas, entre elas Tinguá, apresentem melhoria significativa.

Para a realização do trabalho, previsto para terça-feira, das 7h às 17h, o fornecimento de água em partes de Nova Iguaçu será interrompido, sendo restabelecido gradativamente, em até 24 horas, após o término da manutenção. A concessionária orienta aos clientes comerciais e residenciais a reserva de água das cisternas e caixas d’água apenas para as atividades prioritárias. Serviços essenciais serão abastecidos por meio de caminhão-pipa.

Regiões afetadas: Boa Esperança, Botafogo, Caiçara, Carmary, Cerâmica, Cobrex, Corumbá, Jardim da Posse, Miguel Couto, Nova América, Ponto Chique, Posse, Parque Flora, Parque Ambai, Rancho Fundo, Santa Rita, Tinguá, Três Corações e Vila de Cava.

A Águas do Rio está à disposição dos clientes pelo 0800 195 0 195, para ligação gratuita e mensagem via WhatsApp.

Acesso à água de qualidade muda a vida de moradores de Queimados

Postado por aguasdorio em 28/jul/2022 - Sem Comentários

Mais de 1.500 pessoas são beneficiadas com melhora no abastecimento através de interligação em rede de água

 

Moradora do bairro Jardim Queimados há mais de 40 anos, Joalina Lima não escondeu a emoção ao abrir a torneira, depois de ficar mais de um ano sem acesso à água. A dona de casa acompanhou a obra de interligação das redes de diâmetros 60mm e 150mm, sendo essa última a principal, realizada pela Águas do Rio, na Avenida Moabi, em Queimados. A melhoria beneficiou mais de 1.500 moradores na região com o acesso regular à água.

“Vivemos mais de um ano sem água. Gastei muito dinheiro comprando garrafas e galões todos os dias para conseguir cumprir as necessidades mais básicas da minha família. A equipe da Águas do Rio foi muito competente em realizar esse trabalho e beneficiar os moradores do bairro. Toda a vizinhança estava com dificuldade e agora conseguimos viver com mais dignidade”, comentou Joalina, de 69 anos.

                     Jorge Rosa

Além da Avenida Moabi, outras cinco vias foram beneficiadas com a regularidade do abastecimento: Ruas Titan, Coringa, Maringá, Itaci e Engenheiro Santos. O aposentado, Jorge Rosa da Silva, morador da localidade há mais de 60 anos, viveu meses difíceis com a falta de água. “A gente se virava do jeito que era possível. Tinha dia que os baldes não eram suficientes e precisávamos esticar a mangueira de água para conseguir tomar banho e lavar as roupas em casa. O sufoco acabou! Estamos muito satisfeitos com a chegada da Águas do Rio aqui no bairro”, enfatizou.

Para o diretor executivo da concessionária, Vitor Hugo, o compromisso da concessionária é levar saúde e dignidade para os moradores da Baixada Fluminense, ampliando a oferta de água tratada para a população. “As melhorias operacionais que realizamos possibilitam que a água chegue com pressão e regularidade para abastecer as casas que antes eram atendidas de forma precária. Nosso objetivo é contribuir com o aumento da qualidade de vida”, pontuou.

Belford Roxo e Duque de Caxias

Postado por aguasdorio em 28/jul/2022 - Sem Comentários

A Águas do Rio informa que segue trabalhando no reparo emergencial de uma adutora, que abastece algumas regiões da Baixada Fluminense. Por conta do serviço de alta complexidade, o fornecimento de água em partes das cidades de Duque de Caxias e Belford Roxo está intermitente. O serviço está previsto para ser concluído nesta sexta-feira (29/07). A normalização do sistema ocorrerá de forma gradativa após a conclusão da intervenção.

Regiões afetadas:

  • Belford Roxo: Lote XV, Vale do Ipê, Parque Amorim, Parque Martinho, Jardim Patrícia, Jardim Portugal, Amapá e parte do Wona
  • Duque de Caxias: Parque Fluminense

A concessionária está disponível por meio do 0800 195 0 195, que funciona via ligação e WhatsApp. Serviços essenciais estão sendo abastecidos por meio de caminhão-pipa.

Águas do Rio realiza Workshop Regulatório para colaboradores

Postado por aguasdorio em 28/jul/2022 - Sem Comentários

Promovido pelo time jurídico, encontro reuniu mais de 70 representantes de todas as superintendências

 

A Águas do Rio promoveu nesta última terça-feira (26/07), no auditório do Hotel Mont Blanc, no Centro de Nova Iguaçu, o Workshop Regulatório para os colaboradores de todas as 27 cidades atendidas pela empresa, com o objetivo de tirar dúvidas, estimular o debate e passar informações relativas as normas, condutas e metas da concessionária.

A atividade foi apresentada pelo advogado da companhia, Victor Fróes, responsável pelo departamento jurídico dos municípios de Japeri, Queimados, Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis, e contou com o apoio do jurídico regulatório, representado pela gerente Ana Tereza Parente e pela equipe de Planejamento.

“No nosso dia a dia percebemos a existência de diversas dúvidas dos colaboradores em relação aos assuntos regulatórios. Por essa razão, o workshop foi concebido para fomentar o debate sobre esses temas, para que o time da Águas do Rio possa gerar soluções para os desafios enfrentados”, disse Fróes.

Durante o encontro foram abordados assuntos estratégicos e responsáveis pela regularização da empresa, além dos serviços prestados junto aos órgãos reguladores, em atendimento às exigências legais de funcionamento da concessionária. Victor Masello, advogado da superintendência Leste, declarou. “Achei uma iniciativa fabulosa da superintendência da Baixada com a criação desse workshop, porque esclareceu e tirou muitas dúvidas”, concluiu Victor.

Os diretores superintendente e executivo com representatividade na Baixada, Luiz Fabbriani e Vitor Hugo, respectivamente, foram os incentivadores deste encontro que reuniu diversas lideranças da Águas do Rio. “O objetivo do workshop foi tratar, de forma clara e abrangente, sobre e regularização, o reequilíbrio e o contrato de concessão da nossa empresa. Procuramos abordar temas mais pertinentes a todos os presentes, de forma simples e objetiva, numa linguagem acessível a todos”, afirmou Luiz Fabbriani.

Dívida com a sociedade – por Alexandre Bianchini, presidente da Águas do Rio

Postado por aguasdorio em 28/jul/2022 - Sem Comentários

Artigo publicado no jornal O Globo no dia 28/7/2022

Engana-se quem pensa que a transformação social de que o Brasil e o mundo tanto precisam passa apenas por grandes reformas estruturais. Ela depende também de ações simples de cidadãos comuns. De uma mudança cultural. Do cumprimento de obrigações corriqueiras, do respeito aos contratos, do exercício empático de perceber como a própria atitude impacta o outro e a sociedade como um todo.

Não é diferente com o saneamento básico. O marco legal prioriza o coletivo numa lógica de distribuição de renda. A prerrogativa é: aqueles que têm mais condições e acabam consumindo mais água devem subsidiar os mais carentes. Só assim será possível falarmos em tarifa social e levarmos água e esgoto num valor acessível para a parcela mais vulnerável da população.

Essas foram as premissas adotadas na estruturação das tarifas nas concessões do saneamento Brasil afora. A Águas do Rio tem a obrigação contratual de levar água e esgoto a 27 municípios, onde moram 10 milhões de pessoas. Ao todo, entre infraestrutura, outorga e impostos, para honrar com os seus compromissos, a empresa investirá mais de R$ 50 bilhões.

Investimento que leva dignidade para pessoas como Maria José da Silva, que convivia há mais 20 anos com 50 mil litros de esgoto dentro do próprio terreno na comunidade de Manguinhos. Por conta dos mosquitos e mau-cheiro, ela tinha dificuldades para dormir à noite, e os problemas de saúde eram recorrentes. O líquido fétido foi dragado, uma tubulação instalada e o local virou uma área de lazer. Ou pessoas como Marilene da Silva, da Pavuna, que só tomou o primeiro banho de chuveiro da vida depois dos 30 anos de idade e pôde instalar uma pia na cozinha neste ano.

Se considerarmos os desdobramentos do saneamento básico para a saúde, o impacto social ganha ainda mais relevância. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 70% das doenças são causadas por questões relacionadas à água. É nesse contexto que a decisão do consumidor de não pagar a conta e, consequentemente, não contribuir para levar dignidade para os mais necessitados ganha um peso ainda mais relevante.

Passivo de R$ 1 bilhão

Em pouco mais de oito meses de operação, a Águas do Rio acumula um passivo de R$ 1 bilhão a receber de contas vencidas e não pagas. Mais da metade desse valor vem de grandes clientes como shoppings, galerias, condomínios e estabelecimentos comerciais. Pessoas físicas ou jurídicas que se negam a contribuir para a transformação social de que o Brasil tanto precisa, apesar de terem condições.

Quando a Águas do Rio montou o seu plano de negócio, é claro que a inadimplência foi considerada. Figurava entre os pontos a atacar, e é nessa fase que entramos agora. A empresa dará todas as chances possíveis aos interessados em regularizar sua situação. Mais de 500 colaboradores foram contratados com esse objetivo. Eles vão de porta em porta, sempre identificados com uniforme e crachá, para oferecer ao consumidor a oportunidade de quitar o débito.

Não é do interesse de ninguém negativar nomes ou cortar o serviço, mas não podemos abrir mão de usar todos os meios legalmente disponíveis para atingir o bem maior e promover a transformação social a que nos propusemos – e buscada pelo Marco Legal do Saneamento.

Em pleno século XXI, é triste falarmos, ao mesmo tempo, das primeiras excursões turísticas do homem ao espaço e de uma pauta medieval como a falta de saneamento básico que mata milhões de pessoas no mundo. Temos uma série de compromissos estabelecidos com a sociedade e não podemos permitir que aqueles que não honram com o seu papel social nos impeçam de desempenhar o nosso.

 

 

Ecocopos ficam na recordação das famílias e visitantes que passaram pela Expo Cordeiro

Postado por aguasdorio em 27/jul/2022 - Sem Comentários

Além da distribuição de água potável nos nove dias do evento, Águas do Rio garante o abastecimento de toda a Cidade Exposição

Da janela da casa onde mora, em frente ao Parque de Exposições, na avenida Presidente Vargas, Paulo Barroso observa a rotina dos moradores da região central da cidade de Cordeiro. Ao lado do Juba, o cachorro da raça Pastor-alemão, o aposentado também acompanhou a mudança na rotina do município devido a centésima edição da Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Cordeiro, que contou com a participação da Águas do Rio. Entre todas as atividades, a concessionária distribuiu água potável fresquinha em copos personalizados, que também foi parar na casa do Paulo. “Achei uma ideia ótima no aspecto social e de muita coragem, porque, dessa forma a empresa mostrou para todos o serviço que ela presta, de levar água para todos” – avalia o Cordeirense, de 79 anos.

Acompanhada da família até nos negócios, Suziane de Fátima Azevedo pegou estrada rumo à maior feira agropecuária do Estado do Rio de Janeiro, onde, juntos, montaram uma tenda para vender comida, como churrasco e caldos. O grupo também aproveitou a distribuição de água e ainda levou ecocopos de recordação. “Achei uma ótima ideia porque, além de aliviar a sede de todo mundo, essa iniciativa também favoreceu o meio ambiente, pois podemos usar o mesmo copo várias vezes, ao invés de descartá-lo. Estão de parabéns” – disse a expositora.

Durante os nove dias de festa, o serviço de abastecimento realizado pela equipe do setor operacional da companhia se manteve dentro da normalidade para todos os bairros. Fato que pôde ser comprovado através do estande da concessionária, que distribuiu cerca de 30 mil ecocopos personalizados com água tratada e de qualidade para o público da Expo Cordeiro. Comerciantes do entorno do parque de exposições e funcionários do hospital do centro do município também ganharam copos.

Outra ação que contou com apoio da Águas do Rio e promoveu o conceito da sustentabilidade no Parque de Exposições Raul Veiga foi a coleta de 178 litros de óleo utilizados nas barracas de comida durante os dias do grande evento. O material foi encaminhado para uma empresa que produz biodiesel. Quando lançado diretamente no meio ambiente, o óleo tem alto índice poluidor: apenas um litro pode poluir cerca de 20 mil de litros de água. “Descartar óleo em ralos, vasos e nas redes públicas de esgoto ou drenagem pode provocar

inúmeros problemas, como entupimento da tubulação, atrair bichos e contaminar o ambiente. Apoiamos esta ação para conscientizar sobre a importância do descarte correto do resíduo”, explica a coordenadora de Responsabilidade Social da Águas do Rio, Simony Dias.

Estande da Águas do Rio na Expo Cordeiro

A Águas do Rio preparou um espaço na Expo Cordeiro que foi uma sensação entre a criançada e as famílias. Durante a exposição, o público também aprove

itou as atrações interativas como o Jogo de Saneamento, que traz um Quiz com perguntas sobre o uso consciente da água, e uma experiência em 3D sobre o ciclo completo da água, com óculos de realidade virtual. Além 

de apoiar a feira agropecuária, a concessionária também contou com um plano de ação para garantir o abastecimento regular de água tratada durante o evento, que atraiu uma grande quantidade de visitantes para Cordeiro e cidades vizinhas, como a preparação da estação de tratamento de água, bombas reservas, telemetria para monitorar à distância os principais pontos de abastecimento e a manutenção dos reservatórios sempre cheios.