Arquivo de outubro 29America/Sao_Paulo 2021

Empresários de Nova Iguaçu participam de encontro com Águas do Rio

Postado por aguasdorio em 29/out/2021 - Sem Comentários

A nova companhia de água e esgoto apresenta metas e ações para os representantes do comércio e indústria da Baixada Fluminense

 

A prefeitura de Nova Iguaçu e a Águas do Rio promoveram nesta sexta-feira, 29/10, no Centro Social São Vicente (Patronato), o primeiro encontro com empresários da cidade. O diretor-superintendente, Luiz Fabbriani, o diretor executivo Vitor Gabriel, e a coordenadora Comercial, Miriam Lemos, conduziram as apresentações e detalharam as ações que serão desenvolvidas a partir do dia 1º de novembro, quando começa oficialmente a operação da Águas do Rio.

Amélia Magalhães elogia os programas de conscientização ambiental da Águas do Rio

Amélia Magalhães elogia os programas de conscientização ambiental da Águas do Rio

Foram destaque assuntos como o fornecimento de água na região e a os programas e projetos com potencial de transformação social, que contribuam para elevar os índices de desenvolvimento humano.

De acordo com Luiz Fabbriani, a companhia tem como meta em 10 anos, universalizar o abastecimento para todas as cidades beneficiadas pela concessão. “Nosso objetivo é trabalhar para que o fornecimento de água com qualidade e quantidade chegue para todos. Para que a população e donos de empresas não precisem mais recorrer a carros pipa e até mesmo poços artesianos para o consumo”, afirma o diretor-superintendente da Águas do Rio.

O diretor executivo Vitor Gabriel indicou os investimentos previstos para a melhoria e ampliação dos sistemas de distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto, que serão em torno de R$ 716 milhões nos primeiros cinco anos, dos mais de R$ 2,5 bilhões ao longo da concessão. Já a coordenadora Comercial, Miriam Pessoa, apresentou os canais de atendimento, os materiais informativos com dicas sobre economia no consumo, os hidrômetros utilizados para combater o desperdício com a água, a tecnologia que está sendo utilizada, entre outros assuntos relevantes para os empresários locais.

Presidente do CDL: "Queremos qualidade no abastecimento"

Presidente do CDL: “Queremos qualidade no abastecimento”

O presidente da Câmara de Dirigentes e Lojistas de Nova Iguaçu, Claudio Rosembergue, elogiou a forma como a concessionária iniciou as suas atividades. “Estou satisfeito com a entrada de uma empresa privada cuidando da água na nossa cidade. Queremos qualidade no abastecimento, coisa que nunca existiu no Rio de Janeiro, principalmente na Baixada Fluminense”, garante.

A diretora-presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, Amélia Magalhães, também valorizou a atuação da Águas do Rio. “O encontro foi muito bom, porque pude perceber que a empresa quer ouvir de fato o que o morador e o empresário têm para falar e reivindicar. Tudo que ouvi e vi me chamou muita atenção, principalmente na forma de tentar nos educar e reeducar com a utilização correta com a água, evitando o desperdício”, destacou Amélia.

O encontro contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Mário Lopes; do diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas, Leno Aguiar; do vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Nova Iguaçu (ACINI), José Luiz Teixeira, e de representantes do Sindicato do Comércio Varejista de Nova Iguaçu (SINCOVANI).

Água na torneira sem precisar entrar na fila de abastecimento da rua

Postado por aguasdorio em 28/out/2021 - Sem Comentários

Responsabilidade Social está realizando diagnóstico socioterritorial de Itaboraí para planejar ações estratégicas 

 

“Ei, pessoal do colete azul… vocês vão trazer água pra’ cá? Nem acredito!” exclamou uma senhora sentada na padaria de uma esquina da rua 100, em Itaboraí, no Rio de Janeiro. Tímida e radiante, ela não quis estender a conversa, mas expressou o sentimento de muitos moradores de Itaboraí que começam a perceber a presença da nova concessionária de água e esgoto que vai atuar no município e a vislumbrar um futuro diferente.

Poder abrir a torneira e ter água é um sonho diz Licédia

Poder abrir a torneira e ter água é um sonho diz Licédia

A equipe de Responsabilidade Social da Águas do Rio, regional Interior Leste iniciou, no dia 25 de outubro, o diagnóstico socioterritorial, levantando, de porta em porta, informações diretamente com quem vive na região. Os dados vão subsidiar as ações estratégicas do setor social da companhia, de forma preventiva e proativa, dando protagonismo às pessoas e fortalecendo iniciativas já existentes, afinal a natureza da Águas do Rio é movimentar vidas.

A inspetora de alunos, Licédia Brasil, que mora em Itaboraí desde que nasceu, moradora do bairro Nova Cidade, vê a chegada da concessionária com entusiasmo e esperança de poder abrir a torneira e ter água sempre que for necessário. “Hoje a água vem e vai embora. Nos finais de semana tem uma fila para encher as caixas da rua e na minha residência só chega no domingo”, conta a inspetora.

Zélia participa do diagnóstico socioterritorial em Itaboraí

Zélia participa do diagnóstico socioterritorial em Itaboraí

Dar voz às lideranças comunitárias, através do programa ‘Afluentes’, já iniciado, e promover a empregabilidade, através do ‘Vem com a Gente’, que vai desenvolver o atendimento itinerante com previsão de contratação de mais de 200 moradores de São Gonçalo e região, são alguns exemplos do compromisso da Águas do Rio com a sociedade.

Comerciante no local há 10 anos, Zélia Souza, nunca teve abastecimento regular no seu comércio: “Se tivesse água todo dia seria bom. Aqui é uma casa de ração, preciso manter tudo muito limpo. Mas para tirar água de poço, o gasto de energia é grande. Mas agora estou confiante que isso vai mudar, afirma Zélia.”

 

Afluentes leva expectativa de dias melhores aos moradores de Japeri

Postado por aguasdorio em 28/out/2021 - Sem Comentários

Lideranças comunitárias se mostram confiantes e aguardam soluções para o fim do sofrimento com a falta d`água

 

A esperança por dias melhores começou a fazer parte da realidade dos moradores de Japeri, nesta quarta-feira (27/10), com a apresentação do ‘Afluentes’, realizado pela Águas do Rio. O relato foi das lideranças comunitárias que se reuniram hoje no Colégio Cenecista, no bairro Nova Belém, em Japeri para o lançamento de um dos principais programas sociais da nova concessionária de água e esgoto que vai atuar no município.

Luiz Fabbriani: vamos trabalhar para que a falta d´água fique no passado

Luiz Fabbriani: vamos trabalhar para que a falta d´água fique no passado

Durante o encontro, 80 pessoas com perfil de liderança ouviram histórias comoventes de pessoas que sofrem com a falta d`água em suas comunidades. A cidade, que é cortada pelo principal rio que abastece a Região Metropolitana do Rio, o Guandu, há décadas convive com o problema de desabastecimento de água.

O superintendente da companhia na regional Baixada, Luiz Fabbriani, conduziu a apresentação destacando os objetivos do Afluentes, que busca a aproximação com a população para conhecer as necessidades locais, ouvir sugestões e opiniões sobre os serviços que serão prestados. “É impossível não se sensibilizar com essas pessoas, que tiveram suas vidas dificultadas por não terem água em casa. Estamos aqui para trabalhar para mudar essa realidade. Queremos promover dignidade e vamos batalhar para que as histórias no futuro sejam contadas de outra forma e que esses problemas façam parte do passado”, disse Fabbiani.

Isabel: estamos confiantes de que viveremos a diferença que tanto precisamos.

A moradora do bairro Mucajá, Isabel Cristina dos Santos, mais conhecida como Dinha, demonstrou sua felicidade ao afirmar que, além do comprometimento com a melhoria no fornecimento de água, a empresa já começou a mudar a vida da população, no quesito geração de emprego e renda. “Nunca tivemos uma empresa que se aproximasse dos moradores e ouvisse as demandas do nosso município. Muitos de nós sofremos quanto temos que escolher entre comprar água ou comida. A Águas do Rio vai abrir as portas para essa mudança”, comemorou.

Em Japeri serão investidos mais de R$ 300 milhões nos primeiros cinco anos para a melhoria e ampliação dos sistemas de saneamento básico. A concessionária começa a operar oficialmente no dia 1º de novembro.

 

Ter água nas torneiras é a grande esperança em Belford Roxo

Postado por aguasdorio em 28/out/2021 - Sem Comentários

Líderes comunitários compartilharam expectativas   durante encontro do programa Afluentes

 

Esperançosos. É como estão se sentindo os moradores de Belford Roxo com a chegada da empresa que será responsável pelos serviços de água e esgoto na cidade. A Águas do Rio realizou um encontro nesta quinta-feira (28), na Vila Olímpica do município, para apresentar a concessão aos líderes comunitários.

Sandro está esperançoso com a chegada da nova concessionária de águas e esgoto

Sandro está esperançoso com a chegada da nova concessionária

“A esperança que eu tenho é de ajudar a minha comunidade, pois temos uma deficiência de muitos anos com relação à água. Espero, de verdade, que a empresa traga melhorias para o bairro e que regularize a situação da água”, conta Sandro Bezerra, presidente da Associação de Moradores do Mutirão no Recantus.

A concessionária dá o pontapé em suas operações a partir da semana que vem e mostra a que veio, com garra e força de vontade para realizar muitas melhorias, especialmente na Baixada. “Vamos construir uma nova história. E essa história vai passar necessariamente pelas lideranças comunitárias, que vivem o cotidiano e a realidade do local. A partir do dia primeiro de novembro, fazer a água chegar às torneiras vai ser uma missão da Águas do Rio”, destaca o diretor Cleyson Jacomini, que preside a superintendência responsável pelas operações em Belford Roxo.

O encontro faz parte do Afluentes, programa da Águas do Rio que tem como intuito ouvir e dar voz às lideranças comunitárias, conhecendo suas carências e anseios, além de promover agilidade no atendimento e na solução dos problemas das comunidades. “A característica da empresa é procurar o líder comunitário porque sabe que ele é quem recebe as demandas do bairro, que representa a comunidade”, finaliza o gerente de responsabilidade social da concessionária, Willian Carvalho.

 

Projetos de educação ambiental em destaque na Águas do Rio

Postado por aguasdorio em 28/out/2021 - Sem Comentários

Secretário de Educação do Rio conhece a estrutura e os projetos que já vêm sendo realizados pela concessionária

 

A educação ambiental infantil é um dos pilares de atuação da Águas do Rio para estimular a nova geração para a temática da preservação dos recursos naturais e do ecossistema. E para fomentar ainda mais a integração de forças para o assunto, a concessionária recebeu o secretário municipal de Educação do Rio de Janeiro, Renan Ferreirinha, em sua sede, no Porto Maravilha, nesta quinta-feira (28/10). Na pauta, projetos e inciativas para atuação conjunta entre o município e a concessionária.

“As escolas são as grandes catalisadoras desta mudança e precisamos de esforços conjuntos para desenvolver projetos que apoiem na construção didática e empoderem os educadores e as crianças para o tema ambiental. Assim formamos uma geração ainda mais engajada”, reforçou Anselmo Leal, diretor de Relações Institucionais da Águas do Rio, ao defender que saneamento não se faz apenas com obras.

Luiz Couto, diretor do COI, apresenta ao secretário a operação do Centro de Operações Integradas.

Luiz Couto, diretor do COI, apresenta ao secretário a operação do Centro de Operações Integradas.

O secretário destacou a abrangência da rede pública municipal de ensino – uma das maiores do país – com 1.543 escolas, 650 mil alunos e mais de 2 milhões de pessoas impactadas pelas atividades como pais, professores e servidores. “Nos bairros de atuação da Águas do Rio temos 711 escolas que podem ser abraçadas pela empresa com iniciativas de educação ambiental e tecnologia que irão ocupar de forma completa a formação de milhares de alunos”, disse Ferreirinha.

Após a reunião, o secretário conheceu o Centro de Operações Integradas (COI) da Águas do Rio e elogiou a tecnologia utilizada para o acompanhamento em tempo real das operações de água e esgoto nos 27 municípios atendidos pela concessionária.

Águas do Rio se reúne com juízes de Mesquita e Nova Iguaçu

Postado por aguasdorio em 27/out/2021 - Sem Comentários

Magistrados conhecem as metas e os investimentos da nova concessionária

 

O diretor superintendente da Águas do Rio, Luiz Fabbriani, foi recebido nesta semana, (26 e 27/10), pelos juízes Cristiana Cordeiro e Alberto Republicano, nos fóruns de Mesquita e de Nova Iguaçu, respectivamente. Os encontros tiveram como objetivo a apresentação das ações da concessionária para os titulares das comarcas.

Dra Cristiane e equipe com Luiz Fabbriani.

Dra Cristiane e equipe com Luiz Fabbriani.

Entre as demandas apontadas pelos magistrados, Cristiana Cordeiro apontou a falta de empregabilidade para jovens com anotações criminais. “É muito bom saber que a Águas do Rio já chegou desenvolvendo uma política de igualdade racial, através do programa Respeito Dá o Tom. Criei o Núcleo de Atendimento de Medidas (NAM) devido ao alto índice de reincidência na cidade. Aqui, trabalhamos para que os jovens possam se colocar profissionalmente, abrindo oportunidades de trabalho e, principalmente, oferecendo dignidade. O maior objetivo é que eles abandonem a criminalidade e estejam preparados para ocupar os ambientes corporativos. É preciso mais empresas com esse tipo de gestão”, exemplifica a juíza.

Luiz Fabbriani pontuou os benefícios que a Águas do Rio vai promover para as mais de 10 milhões de pessoas que serão impactadas com a melhoria do saneamento básico. “A população da Baixada Fluminense já foi muito castigada e nós estamos aqui para garantir que esta realidade está com os dias contados. Ter água em casa é um direito de todos e vamos trabalhar para que isso seja garantido. Iremos promover saúde, dignidade e melhores oportunidades. Teremos canais de comunicação rápidos, diretos e sem burocracia”, concluiu o diretor superintendente, com atuação na Baixada.

Lançamento do Afluentes em São João de Meriti reúne líderes comunitários

Postado por aguasdorio em 27/out/2021 - Sem Comentários

O programa é o canal direto de relacionamento da Águas do Rio com as lideranças

 

Nesta quarta-feira (27), São João de Meriti foi a sede de mais uma edição do programa Afluentes. O encontro é uma realização da Águas do Rio e reuniu mais de 80 líderes comunitários da cidade na Escola Municipal Professor Jansen Pereira De Melo, no bairro Jardim Meriti. A iniciativa teve como objetivo apresentar a empresa e reforçar o atendimento exclusivo aos líderes.

 “De cara existe uma ansiedade para resolver todos os problemas rapidamente. O que parece uma utopia, um sonho, está muito próximo de acontecer com a nossa chegada a partir do dia primeiro de novembro. Os líderes comunitários serão muito importantes durante o nosso período de concessão. Através dessa parceria, estabeleceremos um elo para levarmos, de fato, esses serviços a todos”, disse o diretor superintendente da Águas do Rio da regional Baixada, Cleyson Jacomini.

“Nosso trabalho é o compromisso que nós temos com as lideranças comunitárias, de fazer algo harmonioso e justo. Por isso eu conto com cada líder, com a colaboração e a participação de cada um deles, porque ninguém faz nada sozinho”, enfatiza a coordenadora da Responsabilidade Social, Marley Lima.

A moradora Maria Iraci Martins, de 83 anos, conta quais são suas expectativas com a chegada da Águas do Rio: “A gente espera que aconteça essas obras, principalmente na Baixada Fluminense, um lugar totalmente desprovido de tudo. São João de Meriti então nem se fala! Com as nossas expectativas sendo atendidas, teremos uma Baixada com mais qualidade como sempre cobramos, como sempre quisemos”, completa.

Águas do Rio apresenta o programa Afluentes em Cambuci

Postado por aguasdorio em 26/out/2021 - Sem Comentários

Iniciativa faz parte das ações socioambientais da companhia

 

Os moradores da cidade de Cambuci serão apresentados, hoje, ao programa Afluentes, da Águas do Rio, no auditório do hospital Moacyr Gomes de Azevedo, no centro da cidade, às 17h. O Afluentes é um dos programas de responsabilidade socioambiental da empresa e tem como objetivo promover a integração entre os líderes comunitários e a concessionária, estabelecendo um canal direto de comunicação para dar mais agilidade na prestação dos serviços de água e esgoto.

Simony Dias: escuta e diálogo formam a base do nosso relacionamento com as lideranças

Simony Dias: escuta e diálogo formam a base do nosso relacionamento com as lideranças

“O Afluentes é um programa contínuo de relacionamento, através do qual as lideranças relatam os problemas existentes referentes ao saneamento básico para que possamos resolver no menor tempo possível. As lideranças também dão sugestões e opinião sobre as melhorias. Estamos prontos para ouvir e de prontidão para resolver as demandas que surgirem”, afirma Simony Dias, coordenadora de responsabilidade social da Águas do Rio.

A primeira cidade da região Noroeste a receber a equipe do programa Afluentes foi Itaocara. O encontro foi realizado na última segunda-feira (25), na sede da Secretaria de Saúde, e reuniu lideranças de bairros, representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e do Rotary Club da cidade.

José Júnior acredita que o Afluentes vai trazer melhorias para o bairro Eucalipto.

José Júnior acredita que o Afluentes vai trazer melhorias para o bairro Eucalipto.

“Foi uma reunião muito bacana. Eu, como líder comunitário, achei que foi muito informativa e gostaria de ver essas reuniões acontecendo de novo”, avaliou José Júnior, líder comunitário do bairro Eucalipto.

A caravana do Afluentes também vai passar por outras cidades. Confira a agenda com as datas dos encontros em cada município.

 Serviço:

Miracema – Centro Cultural Melchíades Cardoso (Casa de Cultura), às 18:30
Data: 27/10

Aperibé – Rua Alfredo Reis Pavilhão, centro, às 17h
Data: 28/10

São Francisco de Itabapoana – Rodovia Afonso Celso, centro (sede da CDL), às 17h
Data:29/10

 

Do balde para o sonho da água encanada

Postado por aguasdorio em 26/out/2021 - Sem Comentários

Águas do Rio apresenta programa Afluentes para lideranças comunitárias do Rio

 

Luciene: vejo um futuro diferente

Luciene: vejo um futuro diferente

Quando Luciene Costa chegou ainda criança no Complexo Faz Quem Quer, em Rocha Miranda, na década de 90, a imagem de moradores carregando baldes de água ladeira acima era rotineira. Nas partes mais altas, onde a ramificação improvisada dos canos não chegava, o desabastecimento era a luta diária dos moradores. De lá para cá, passaram-se três décadas e, atualmente, após completar 12 anos presidindo a Associação de Moradores, diz ela, pouca coisa mudou. Mais um futuro diferente ela começou a vislumbrar ao participar, na manhã de terça-feira (26/10), do Programa Afluentes, realizado pela equipe de Responsabilidade Social da concessionária Águas do Rio.

O encontro, que reuniu cerca de 280 líderes comunitários de diversas regiões do Rio, aconteceu na Zona Portuária, no centro do Rio. Este foi o primeiro contato oficial da concessionária com moradores das áreas mais carentes da cidade, onde os sistemas de coleta de esgoto e fornecimento de água sofrem escassez. O Afluentes é um dos programas sociais que a Águas do Rio tem para se aproximar do cidadão e conhecer suas necessidades, ouvir sugestões e opiniões sobre os serviços prestados.

A concessionária começa a operar oficialmente no dia 1 de novembro. Somente nas comunidades da capital, ela tem a meta de investir R$ 1.2 bilhão na distribuição de água, coleta e tratamento de esgoto. São 525 comunidades onde vivem aproximadamente 1 milhão de pessoas em quase 300 mil domicílios.

“No verão passado ficamos quase três meses sem água no Faz Quem Quer. Em 2018 foram quase cinco meses sem fornecimento e durante a pandemia sofremos muito também”, relembra a líder comunitária Luciene Costa, que se diz esperançosa. “A reunião foi explicativa. A gente precisa entender o que vai acontecer para levar as informações para dentro das comunidades”, disse Luciene.

Lideranças terão canal direto de comunicação com a Águas do Rio

Durante o bate-papo, as lideranças comunitárias tiveram a oportunidade de tirar dúvidas de como será a condução dos serviços para o conserto de vazamentos, manutenção das redes, cadastro na tarifa social entre outros assuntos.

Falta de água e esgoto despejado sem tratamento – as famosas ‘valas negras’- lideraram a lista de reclamações. Carlos Alberto Policeno, de 68 anos, é líder da Associação de Moradores Amigos da Barão de Santo Ângelo, no Complexo do Lins. Para ele, a falta de urbanização em determinados pontos torna os serviços públicos críticos.

“Se queremos um serviço melhor, o certo é pagar. No mercado pagamos, correto? O morador vai no bar para beber cerveja e paga, certo? Gasta R$ 50, R$ 60 em duas horas. Por que não pagar pela água que bebe, que toma banho o mês inteiro?  Água encanada já foi o sonho de muitos. Acho que o povo tem que ter consciência”, indagou Carlos Alberto.

De acordo com o diretor Guilherme Campos, que conduz a superintendência criada exclusivamente para atender as comunidades, o saneamento em áreas mais vulneráveis vai trazer benefícios, principalmente em saúde, qualidade de vida, valorização imobiliária e preservação ambiental.

“Queremos construir uma relação de respeito, igualdade e bom atendimento com nossos clientes que moram em comunidades. Nosso desejo é trazer qualidade de vida e melhorias das condições principalmente de saúde dessa população que sofrem com a vulnerabilidade social. Queremos as comunidades como clientes, sem distinção”, enfatizou Guilherme.

 

Legislativo e Codecon alinham procedimentos para o início das operações da Águas do Rio

Postado por aguasdorio em 26/out/2021 - Sem Comentários

As rotinas da concessionária e do órgão de defesa do consumidor foram tratados no encontro

 

Na contagem regressiva para o início das operações de água e esgoto nos municípios do Rio de Janeiro, marcada para o dia 1º/11, representantes da Águas do Rio se reúnem com o Diretor da Coordenadoria da Defesa do Consumidor de São Gonçalo (Codecon), Alessandro Salgado, e o presidente da Câmara de Vereadores, Lécio Breda, para apresentar as primeiras ações da nova empresa que vai cuidar da distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto no município. Durante o encontro, realizado nesta terça-feira (26/10), o diretor superintendente da concessionária, Sérgio Braga, ressaltou a importância de estreitar o relacionamento com a CODECON para que demandas da população sejam solucionadas o mais rápido possível.

“Sabemos que vão existir problemas e estamos aqui para buscar as melhores soluções para todos. Temos profissionais especializados e um forte conhecimento no mercado de saneamento para que possamos promover um atendimento e um serviço de excelência para os moradores da região”, afirmou Sérgio.

O Diretor da Codecon, Alessandro Salgado, elogiou a forma como a concessionária vem se apresentando para os representantes da cidade.

“É a primeira vez que vejo uma empresa pedir licença para entrar em São Gonçalo. Essa tratativa de buscar entender todos os lados e, juntos, buscarmos soluções para que todos sejam beneficiados foi de grande valia, já que este canal de comunicação se mostra importante, ainda mais com o início da prestação de serviços, que teremos amplo acesso à empresa para solucionarmos questões envolvendo a relação de consumo e servindo a sociedade como é o objetivo da casa legislativa e da Codecon”, concluiu Alessandro.