Obra vai melhorar o fornecimento de água para cerca de 150 mil moradores de Nova Iguaçu

Postado por paintbox em 18/dez/2023 - Sem Comentários

Dois sistemas de abastecimento serão interligados, na próxima quarta-feira (20), entre a cidade e a vizinha Belford Roxo

Para ampliar a distribuição de água em Nova Iguaçu, a Águas do Rio realizará uma obra na quarta-feira (20/12), no trecho limítrofe entre a cidade e a vizinha Belford Roxo, também na Baixada Fluminense. A interligação de uma nova elevatória à rede dos sistemas Posse e Guandu tem o objetivo de melhorar o abastecimento de água em 22 bairros iguaçuanos, beneficiando cerca de 150 mil moradores.

Atualmente, a região abastecida pelo sistema de bombeamento da Posse depende exclusivamente do fornecimento da Represa Acari, que tem a produção reduzida ou interrompida em períodos de estiagem e de chuvas intensas. Gerente operacional da concessionária, Leonardo Canto explica que o planejamento desta obra foi pensado para proporcionar benefícios duradouros aos moradores da região.

“Essa medida tem como objetivo assegurar que a estação de bombeamento na região opere com maior eficiência, recebendo o reforço do sistema Guandu. Com a mudança, teremos condições de manter o fornecimento de água, mesmo em períodos de fortes chuvas ou de estiagem”, disse.

Fornecimento será interrompido às 5h da manhã

Para viabilizar a operação, será necessário interromper o fornecimento de água a partir das 5h da quarta-feira (20/12) em alguns bairros de Nova Iguaçu, Queimados e Japeri. A normalização do fornecimento ocorrerá, de forma gradativa, após o término do serviço, previsto para o final do mesmo dia. Confira a lista dos bairros impactados com a interligação dos sistemas

Para evitar transtornos, a concessionária orienta os clientes comerciais e residenciais a reservarem água de cisternas e caixas d’água para atividades prioritárias durante o período de interrupção. Além disso, reforça que está à disposição pelo 0800 195 0 195, um canal que oferece ligações gratuitas ou mensagens via WhatsApp, para atender às necessidades e esclarecer dúvidas da população.

Águas do Rio repara vazamento que desperdiçou 11 milhões de litros de água em quase dois meses

Postado por paintbox em 29/mar/2023 - Sem Comentários

Segundo levantamento da concessionária, volume de água jogado fora seria suficiente para abastecer 400 famílias por um mês

 

A Águas do Rio montou uma operação de emergência para encerrar um vazamento de grandes proporções que acontecia no subterrâneo da linha férrea, no Centro de Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. Segundo levantamento realizado pelo setor Operacional da concessionária, o rompimento da tubulação desperdiçou cerca de 11 milhões de litros de água em aproximadamente 50 dias, volume suficiente para abastecer cerca de 400 famílias ao longo de um mês. Agora esta água já está de volta às torneiras da população.

Durante o reparo, que durou cerca de cinco horas, 10 profissionais se dedicaram à soldagem de uma peça metálica, responsável pela vedação do tubo, que havia se rompido devido à forte pressão da água. O equipamento recebeu o reforço de barras de ferro para impedir que novos rompimentos aconteçam.

O combate às perdas de água tratada é um desafio que a Águas do Rio encara como prioritário. A concessionária investe em vistorias diárias, incluindo a utilização do geofone, um amplificador que tem a função de detectar vazamentos não visíveis em ruas e avenidas, escutando o som característico, sinais de vibração ou ruídos nas tubulações.

“Um de nossos grandes desafios é reduzir o desperdício de água na Baixada Fluminense.Nossas equipes estão nas ruas todos os dias realizando sondagens e vistorias, mas nem sempre os vazamentos são visíveis. Por isso, contamos com o auxílio da tecnologia”, explicou o gerente de Operações, Leonardo Canto, que atua nos municípios de Nova Iguaçu, Japeri, Queimados, Mesquita e Nilópolis.

Além das inspeções diárias realizadas pelas equipes da concessionária, a população também pode acionar a empresa, caso identifique algum vazamento, por meio do telefone 0800 195 0195, que funciona por ligação gratuita 24 horas por dia e whatsapp.

 

Mais de oito mil moradores de Austin passam a ter acesso a água tratada

Postado por paintbox em 14/mar/2023 - Sem Comentários

Obras realizadas pela Águas do Rio na rede pública de abastecimento levou dignidade para famílias do Morro da Moenda e Cacuia, em Nova Iguaçu

 

“A água está chegando direto nas nossas torneiras, com pressão e não tem faltado. Por muitos anos, tínhamos que consumir água de poço. Não moramos tão distante do Centro de Nova Iguaçu e, por isso, nunca entendi o porquê não tínhamos água encanada. Estou muito satisfeito e esperançoso com a Águas do Rio, realmente tenho visto e vivenciado as mudanças”. Quem conta esta história é Luciano Lagoas, morador do Morro da Moenda desde que nasceu, há 54 anos, e que carrega lembranças da falta de água tratada na sua região.

Assim como Luciano, mais de oito mil moradores do bairro Austin, em Nova Iguaçu, foram beneficiados com as intervenções da Águas do Rio, através da troca de um registro e, também, de uma ventosa, que viabilizou o fornecimento de água tratada para famílias que eram por muitos anos eram abastecidas com poços.

“Os profissionais são muito prestativos. Quando informei à Águas do Rio sobre um vazamento que estava acontecendo aqui, uma equipe no dia seguinte já estava reparando e consertando o problema na tubulação”, contou Luciano. Além de se dedicar ao fornecimento de água para a população, a concessionária atua de forma intensiva na redução de perdas no sistema. Cada vazamento reparado é menos desperdício e mais água na rede de distribuição.

Segundo o diretor executivo da Águas do Rio, Felipe Esteves, os funcionários da empresa são motivados a resolver os problemas de forma macro, mas sem esquecer que os clientes são pessoas, que têm dificuldades e realidades individuais.

“Quando assumimos o saneamento na Baixada Fluminense, estudamos e mapeamos cada localidade para entender como era realizado o fornecimento e as causas do desabastecimento nas cidades, bairros e ruas. Descobrimos muitos pontos com ausência de rede e outros até com redes irregulares. Todos os serviços que desempenhamos são planejados por uma equipe técnica de profissionais capacitados e empenhados em levar qualidade de vida e dignidade para nossa população, entendendo as particularidades de cada morador”, disse o diretor, com atuação em cinco municípios da Baixada Fluminense.

Águas do Rio apresenta mapeamento para ampliação do saneamento básico em Nova Iguaçu

Postado por paintbox em 16/fev/2023 - Sem Comentários

Durante reunião na Prefeitura, concessionária também detalhou balanço de ações 2022 

 

Nesta quarta-feira (15/02), a Águas do Rio apresentou ao prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, os avanços no Plano Diretor de Esgoto (PDE), principal instrumento da política urbana, que norteia o desenvolvimento do sistema de esgoto na cidade. Durante a reunião, a concessionária também apresentou o balanço de ações realizadas no município ao longo de 2022.

Para ampliar o serviço de esgotamento sanitário em Nova Iguaçu, a empresa apontou os possíveis locais para criação das cinco Estações Elevatórias de Esgoto (EEEs), que são estruturas responsáveis pelo bombeamento dos resíduos. Uma das maiores instalações será a Estação de Tratamento de Esgoto Botas com capacidade para tratar 800 litros por segundo. O prefeito Rogério Lisboa garantiu prioridade no assunto e um canal direto com a concessionária para que os prazos sejam cumpridos.

“Contar com a parceria da Prefeitura de Nova Iguaçu é fundamental para que possamos avançar com o projeto de saneamento básico que estamos desenvolvendo para a cidade e que vai melhorar a vida dos iguaçuanos. Nosso cronograma é ousado e somar forças é o caminho para que possamos alcançar estas metas”, enfatizou o diretor-superintendente da Águas do Rio na Baixada Fluminense, Luiz Fabbriani.

Plano Diretor de Esgoto será entregue em maio de 2023

O Plano Diretor de Esgoto, que está sendo elaborado pela empresa, será apresentado à agência reguladora até maio de 2023. O documento engloba as ações, estratégias e investimentos para alcançar as metas estabelecidas. Dentre os objetivos do estudo estão a redução da poluição hídrica decorrente do lançamento de esgoto não tratado em galerias pluviais, córregos e rios, além da contribuição para a recuperação ambiental do Rio Guandu, principal manancial de abastecimento da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Na área de atuação da Águas do Rio estão três municípios que influenciam na Bacia do Guandu: parte de Nova Iguaçu, Queimados e Japeri.

Avanço no abastecimento de água também foi tema da reunião

     Luiz Fabbriani e o prefeito Rogério Lisboa

No primeiro ano de concessão, as obras em 23 km de rede realizadas pela Águas do Rio beneficiaram cerca de 162 mil iguaçuanos. Além das ações já executadas, a empresa mostrou também quais são as obras previstas para 2023. Segundo o planejamento, apenas no primeiro trimestre do ano, mais 100 mil pessoas serão impactadas com a inauguração de uma estação de bombeamento (booster Brasília), no Centro, e quatro Estações Elevatórias de Água, nos bairros Danon, Iolanda, Carlos Sampaio e K11.

Dentre as obras realizadas em 2022, destacam-se os Reservatórios Cabuçu Alto e Baixo, com capacidade para reservar dez milhões de litros de água melhorando o abastecimento em regiões com mais de 100 mil habitantes de diversos bairros do município. O combate às perdas também é uma prioridade. Em um ano, a concessionária mapeou cerca de 384 km de rede à procura de vazamentos não visíveis. Para execução dos serviços, a Águas do Rio prioriza a contratação de mão de obra local. Do total de oito mil colaboradores contratados, cerca de 2,3 mil são moradores da Baixada Fluminense. O prefeito Rogério Lisboa ressaltou que os avanços alcançados pela empresa são notórios.

“Quero, até o fim da minha gestão, entregar água em todos os bairros de Nova Iguaçu. Isso será possível com essa parceria com a Águas do Rio. O trabalho está bom e notamos que houve melhora na prestação do serviço, havendo mais abastecimento de água desde que ela assumiu o fornecimento”, finalizou o prefeito.

Águas do Rio apresenta estudo para ampliação do saneamento em Queimados

Postado por paintbox em 16/fev/2023 - Sem Comentários

Durante reunião com a prefeitura, concessionária indicou locais para a construção da Estação de Tratamento de Esgoto e elevatórias

 

Integrantes da Águas do Rio se reuniram nesta terça-feira (14/02) com membros da Prefeitura de Queimados para apresentar os avanços no Plano Diretor de Esgoto (PDE), principal instrumento da política urbana, que norteia a criação do sistema de esgoto na cidade e cujo objetivo principal é de melhorar a qualidade de vida da população.

Durante a reunião, que contou com a presença do prefeito Glauco Kaizer, a empresa detalhou um mapeamento que aponta os possíveis locais onde serão instaladas as quatro Estações Elevatórias de Esgoto (EEEs), estruturas responsáveis pelo bombeamento dos resíduos, e a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da cidade. As estruturas vão auxiliar no desafio de universalizar o serviço no município, dentro do prazo de cinco anos.

Com capacidade para tratar 550 litros por segundo, a ETE vai contribuir também para a despoluição da Bacia do Guandu.

“Realizamos um grande estudo para entender quais seriam os locais dentro do município que podem abrigar as estruturas necessárias para que a coleta e o tratamento do esgoto sejam realizados de forma eficiente e priorizamos a criação de uma ETE, capaz de atender as bacias hidrográficas dos municípios de Queimados e Japeri, ambos contribuintes da bacia do Guandu”, explicou Tauana da Rosa, coordenadora de Operações de Esgoto da Águas do Rio.

O Plano Diretor de Esgoto, que está sendo elaborado pela empresa, será apresentado à agência reguladora até maio de 2023. Todas as ações, estratégias e investimentos para alcançar as metas estabelecidas em busca da melhora do sistema de abastecimento e esgotamento da região serão detalhados no estudo.

Dentre os objetivos do Plano estão a redução da poluição hídrica decorrente do lançamento de esgoto não tratado em galerias pluviais, córregos e rios, além da contribuição para a recuperação ambiental do Rio Guandu, principal manancial de abastecimento da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Na área de atuação da Águas do Rio estão três municípios que influenciam na Bacia do Guandu: Queimados, Japeri e uma parte de Nova Iguaçu.

 

Águas do Rio marca presença no 2º Fórum do Meio Ambiente de Japeri

Postado por paintbox em 03/fev/2023 - Sem Comentários

Distribuição de água, palestras, exposições de materiais recicláveis e atividades lúdicas fizeram parte da programação do evento

 

O 2º Fórum do Meio Ambiente de Japeri, realizado nesta quinta-feira (02/02), no Núcleo de Educação Ambiental Vale do Ipê, abordou a importância do tratamento e descarte dos Resíduos Sólidos Urbanos. As palestras e discussões apresentadas no encontro servirão para formulação do Plano Municipal de Meio Ambiente da cidade. A Águas do Rio marcou presença no evento com atividade educativa e distribuição de água para os participantes.

A equipe de Responsabilidade Social da concessionária levou educação ambiental para as crianças e adultos por meio do jogo do saneamento. Na atividade interativa, os participantes aprendem sobre a importância de cuidar do planeta por meio de um jogo de tabuleiro. Para o supervisor de Responsabilidade Social da Águas do Rio, Anderson Lopes, a aproximação com o público infantil é fundamental para a mudança de perspectiva em relação a temas como sustentabilidade e proteção ambiental.

“Além do compromisso de levarmos água de qualidade para a população, temos a missão de contribuir com as futuras gerações. Para isso, é fundamental trabalhar os conceitos sobre educação ambiental com os pequenos, que são grandes influenciadores no ambiente familiar, nas escolas, nas instituições religiosas.  É preciso entender a crise ambiental como uma crise social, estamos empenhados em contribuir para o desenvolvimento de um planeta mais sustentável”, afirmou.

A artesã e coordenadora do Fórum de Economia Solidária de Japeri, Gilsa Rosa, de 52 anos, se refrescou com a água geladinha oferecida pela concessionária e aprovou a participação da empresa.

“Já venho acompanhando o trabalho da Águas do Rio há algum tempo e fico muito feliz em ver que, além dos serviços realizados para melhorar o abastecimento na Baixada Fluminense, a empresa está sempre apoiando e participando de ações sociais com a distribuição de água. Isso é importante porque percebemos o interesse de uma companhia que está interessada em fazer mais”, disse a moradora.

O Núcleo de Educação Ambiental Vale do Ipê (NEAVI) é um ponto de referência para a transmissão de conhecimento para os japerienses. O espaço oferece eventos, oficinas e cursos, ao longo de todo ano.

Força-tarefa para melhorar o abastecimento em Nova Iguaçu

Postado por paintbox em 02/fev/2023 - Sem Comentários

Águas do Rio reuniu mais de 100 profissionais que se revezaram ao longo de semanas para instalação de sistema de bombeamento que vai beneficiar 80 mil moradores da cidade

 

Cerca de 100 profissionais envolvidos, mais de uma tonelada em equipamentos e semanas de trabalho. A Águas do Rio montou uma verdadeira força-tarefa, em Nova Iguaçu, para a implantação da nova Elevatória de Água Tratada, denominada Booster Brasília, sistema que vai melhorar o abastecimento de água para 80 mil moradores dos bairros da Luz, Califórnia, Centro, Chacrinha, K11, Moquetá e Santa Eugênia.

Com a nova estrutura, que está em fase de teste, a vazão de água para as áreas beneficiadas será de 222 litros por segundo, melhorando o fluxo, inclusive para as regiões altas, como o bairro K11. Além de dezenas de profissionais, que se revezaram, inclusive em plantões noturnos, a operação incluiu um conjunto de peças e equipamentos hidráulicos de grande porte, que após montados, pesavam mais de 1,3 tonelada.

Segundo o gerente de operações, Leonardo Canto, na primeira fase do projeto, o sistema vai operar com uma bomba e, em junho, outras duas bombas devem ser instaladas para reforçar ainda mais o abastecimento na região do Centro.

“A instalação do Booster Brasília era um grande desafio para nossa equipe, calculamos todos os passos, realizamos diversas reuniões e agora o sistema está em fase de testes. Além deste equipamento, temos outras quatro estações elevatórias que já estão instaladas e entrarão em atividade nos bairros Danon, Iolanda, Carlos Sampaio e K11, ampliando a oferta de água para moradores e comerciantes da região, especialmente neste período, que é o mais quente do ano”, explicou o especialista.

Transformação no saneamento básico de Nova Iguaçu

Desde que assumiu a concessão, em novembro de 2021, a Águas do Rio já levou melhorias para cerca de mais de 150 mil moradores, com as novas obras, este número chegará a 252 mil pessoas beneficiadas com água regular nas torneiras de casa.

Dentre as realizações destacam-se as obras nos reservatórios Cabuçu Alto e Baixo, que passaram a ter capacidade de armazenar 10 milhões de litros levando benefícios para cerca de 100 mil moradores, além das obras do reservatório de Austin, que tem capacidade para armazenar 5 milhões de litros.

Em Vila de Cava, a interligação de novas redes de água passou a atender mais de 24 mil pessoas, e a empresa trabalhou na ampliação do abastecimento com padronização de hidrômetros em diversos bairros da cidade. Para evitar o desperdício, a concessionária também investiu recursos no combate às perdas. Cerca de 384 km de rede foram mapeados à procura de vazamentos não visíveis.

Moradores de Mesquita comemoram água nas torneiras após 20 anos de espera

Postado por paintbox em 31/jan/2023 - Sem Comentários

Obras realizadas pela Águas do Rio, no Centro da cidade, ampliaram o abastecimento para 40 famílias

 

Do portão de casa, Rafael Rechuem, 42 anos, acompanhou o trabalho executado pela equipe operacional da Águas do Rio. O cozinheiro, que reside no Centro de Mesquita desde que nasceu, lembra que há décadas, a cisterna de casa tem sido abastecida apenas com auxílio de caminhões-pipa. Esta história começou a mudar após uma obra de extensão de rede realizada pela concessionária.

“Nossa espera durou mais de 20 anos e eu confesso que já havia perdido as esperanças. Quando vi que finalmente tinha água na torneira, senti uma alegria que nem sei explicar. Além do transtorno, gastávamos muito dinheiro pagando pelo serviço do caminhão-pipa. Na minha rua, os vizinhos se juntavam para diminuir o gasto e, mesmo assim, cada pedido custava caro. Com certeza, vamos sentir uma melhora tanto no bolso quanto na rotina, que vai ser mais leve e sem preocupação”, comemorou o morador.

A obra de implantação de rede de água de apenas 35m na região, que beneficiou Rafael e outras 40 famílias da localidade, foi acompanhada pela supervisora operacional de Mesquita e Nilópolis, Gabrielle Moulin. O histórico de reclamações e desabastecimento, que antes eram registrados pelos moradores do bairro, foi substituído pela satisfação de ter água potável na torneira.

De acordo com o diretor executivo da Águas do Rio, Felipe Esteves, a concessionária segue atuando para levar melhorias para outras regiões da Baixada Fluminense que vivem há anos com abastecimento de água precário.

“Vamos investir esforços e mudar a realidade de muitas pessoas. Assim como aconteceu nesta região da cidade, onde os moradores viveram tanto tempo sem o serviço, temos mapeado outras áreas e continuaremos trabalhando para transformar a rotina dos moradores da Baixada Fluminense”, explica o diretor que atua em Mesquita e em outros quatro municípios.

Combate ao desperdício de água tratada em Nilópolis

Postado por paintbox em 20/jan/2023 - Sem Comentários

Mais de 200 moradores foram beneficiados com ação da Águas do Rio, que realizou reparo em rede de abastecimento

 

Com o uso de um equipamento chamado geofone, ultrassensível a sons, equipes operacionais da Águas do Rio identificaram um vazamento subterrâneo na rede de abastecimento de água das ruas João da Mata Peixoto e Adolfo Bergamini, no Centro de Nilópolis. Ao perceberem comprometimento no fornecimento, moradores acionaram a concessionária que realizou a sondagem e o reparo na tubulação, beneficiando cerca de 200 pessoas.

         Dalva Januário

“Logo que entramos em contato com a Águas do Rio para entender o que estava acontecendo, a equipe veio à nossa rua e iniciou o trabalho. Depois que eles mexeram, a água voltou imediatamente”, afirmou a moradora Dalva Januário dos Anjos, de 53 anos.

Em casos como este, que o vazamento não é visível a olho nu, a companhia faz uso da tecnologia. “Assim que o geofone identificou este vazamento, equipes operacionais iniciaram a obra para a troca da peça avariada no sistema de água que abastece as ruas, e o fluxo e a pressão aumentaram para todos os imóveis daquela região”, explicou Osiel de Aguiar, supervisor de Serviços da empresa.

Segundo o diretor executivo da concessionária, Felipe Esteves, com investimentos em tecnologia, a empresa consegue dar celeridade aos serviços. “Atuamos rápido para evitar que pequenos vazamentos ganhem maiores proporções, impactando a vida dos moradores. O canal de comunicação permanente com a população também é uma estratégia importante para que possamos identificar o problema e resolvê-lo”, comentou o diretor que atua em Nilópolis e outros quatro municípios da Baixada Fluminense.

Melhorias por toda cidade

Além das ruas que receberam as intervenções da concessionária, ao longo de 2022, a companhia revitalizou e ativou também o Reservatório Cabral, ampliando a oferta de água para a região. No bairro Santos Dumont, a Águas do Rio realizou a desobstrução de um registro na Rua Vicente Celestino. O equipamento, localizado por detector de metais, estava quebrado e coberto por asfalto há uma década e esta intervenção beneficiou mais de dois mil moradores da região.

Também foram feitos reparos em pontos de vazamento não visíveis, a limpeza no motor da bomba e manutenção na Elevatória Dinamarco Reis do Paiol, recadastramento de imóveis, entre outros serviços, que garantem a qualidade do abastecimento de água para toda a cidade.

 

 

Ano novo com água potável para os moradores de Mesquita

Postado por paintbox em 05/jan/2023 - Sem Comentários

Intervenção da Águas do Rio vai regularizar o abastecimento para mais de 700 pessoas no bairro Jacutinga

Alessandro da Silva, de 32 anos, mora no bairro Jacutinga, em Mesquita, desde que nasceu. O sonho de ter água potável na torneira, parecia distante para o autônomo, mas hoje é uma realidade bem próxima. “Vi a movimentação da Águas do Rio e fiquei na expectativa deles passarem aqui em casa. Para quem sempre teve água é até difícil de entender, mas para nós que vivemos sem saber quando a água vai cair na torneira, é complicado realizar tarefas simples, como cuidar das crianças e até lavar roupa”, contou.

As obras tão aguardadas pelo Alessandro estão sendo executadas pelos profissionais do Programa Vem Com a Gente (VCG), que trabalham na extensão de rede de 1,7 km para beneficiar cerca de 700 moradores do bairro, inclusive um supermercado.

Além da regularidade no abastecimento, as ações do VCG são importantes para levar mais dignidade aos moradores. Através do cadastro da concessionária, a população consegue ter acesso ao comprovante de residência, documento essencial para realização de negociações cotidianas.

Sempre identificados e uniformizados, os colaboradores da Águas do Rio oferecem também a comodidade do cliente regularizar a ligação de água na porta de casa.

“Em Jacutinga, nossos profissionais estão indo de porta em porta para realizar o cadastro dos moradores, sem burocracia e com agilidade para garantir o acesso ao serviço de forma regular”, explicou Wallas Rangel, coordenador do VCG, que atua em Mesquita e em outros municípios da Baixada.