Notícia

Ver notícia

Durante reunião na Prefeitura, concessionária também detalhou balanço de ações 2022 

 

Nesta quarta-feira (15/02), a Águas do Rio apresentou ao prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, os avanços no Plano Diretor de Esgoto (PDE), principal instrumento da política urbana, que norteia o desenvolvimento do sistema de esgoto na cidade. Durante a reunião, a concessionária também apresentou o balanço de ações realizadas no município ao longo de 2022.

Para ampliar o serviço de esgotamento sanitário em Nova Iguaçu, a empresa apontou os possíveis locais para criação das cinco Estações Elevatórias de Esgoto (EEEs), que são estruturas responsáveis pelo bombeamento dos resíduos. Uma das maiores instalações será a Estação de Tratamento de Esgoto Botas com capacidade para tratar 800 litros por segundo. O prefeito Rogério Lisboa garantiu prioridade no assunto e um canal direto com a concessionária para que os prazos sejam cumpridos.

“Contar com a parceria da Prefeitura de Nova Iguaçu é fundamental para que possamos avançar com o projeto de saneamento básico que estamos desenvolvendo para a cidade e que vai melhorar a vida dos iguaçuanos. Nosso cronograma é ousado e somar forças é o caminho para que possamos alcançar estas metas”, enfatizou o diretor-superintendente da Águas do Rio na Baixada Fluminense, Luiz Fabbriani.

Plano Diretor de Esgoto será entregue em maio de 2023

O Plano Diretor de Esgoto, que está sendo elaborado pela empresa, será apresentado à agência reguladora até maio de 2023. O documento engloba as ações, estratégias e investimentos para alcançar as metas estabelecidas. Dentre os objetivos do estudo estão a redução da poluição hídrica decorrente do lançamento de esgoto não tratado em galerias pluviais, córregos e rios, além da contribuição para a recuperação ambiental do Rio Guandu, principal manancial de abastecimento da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Na área de atuação da Águas do Rio estão três municípios que influenciam na Bacia do Guandu: parte de Nova Iguaçu, Queimados e Japeri.

Avanço no abastecimento de água também foi tema da reunião

     Luiz Fabbriani e o prefeito Rogério Lisboa

No primeiro ano de concessão, as obras em 23 km de rede realizadas pela Águas do Rio beneficiaram cerca de 162 mil iguaçuanos. Além das ações já executadas, a empresa mostrou também quais são as obras previstas para 2023. Segundo o planejamento, apenas no primeiro trimestre do ano, mais 100 mil pessoas serão impactadas com a inauguração de uma estação de bombeamento (booster Brasília), no Centro, e quatro Estações Elevatórias de Água, nos bairros Danon, Iolanda, Carlos Sampaio e K11.

Dentre as obras realizadas em 2022, destacam-se os Reservatórios Cabuçu Alto e Baixo, com capacidade para reservar dez milhões de litros de água melhorando o abastecimento em regiões com mais de 100 mil habitantes de diversos bairros do município. O combate às perdas também é uma prioridade. Em um ano, a concessionária mapeou cerca de 384 km de rede à procura de vazamentos não visíveis. Para execução dos serviços, a Águas do Rio prioriza a contratação de mão de obra local. Do total de oito mil colaboradores contratados, cerca de 2,3 mil são moradores da Baixada Fluminense. O prefeito Rogério Lisboa ressaltou que os avanços alcançados pela empresa são notórios.

“Quero, até o fim da minha gestão, entregar água em todos os bairros de Nova Iguaçu. Isso será possível com essa parceria com a Águas do Rio. O trabalho está bom e notamos que houve melhora na prestação do serviço, havendo mais abastecimento de água desde que ela assumiu o fornecimento”, finalizou o prefeito.

Compartilhar:

Veja Também

Serviços Programados Saiba mais
Serviços Programados

Projeto “Ação Gonçalo” leva educação, cidadania e empreendedorismo sustentável para população da cidade Saiba mais
Projeto “Ação Gonçalo” leva educação, cidadania e empreendedorismo sustentável para população da cidade

Moradores aproveitam atividades gratuitas neste sábado (4), no Barro Vermelho Com muita animação e atividades gratuitas, a população gonç...

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.