Notícia

Ver notícia

Concessionária realiza serviços relacionados à desobstrução, reparo e manutenção para o pleno funcionamento do sistema

Mais de 4,3 mil serviços de manutenção na rede coletora de esgoto foram feitos pela Águas do Rio em cinco municípios da Baixada Fluminense nos primeiros seis meses deste ano. Com o objetivo de garantir o pleno funcionamento de sistemas de esgotamento sanitário, equipes da concessionária chegaram a esse número atuando em Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Queimados e Mesquita.

Segundo Márcio Pereira, supervisor de operações da empresa, essas ações evitam danos ao meio ambiente, transmissão de doenças, poluição de córregos, rios e mares, além de eventuais prejuízos a comerciantes e população.

“Temos um grande desafio, mas estamos avançando todos os dias para alcançarmos nossa meta de universalização dos serviços de esgotamento sanitário. O importante é que eles saibam que existe coleta e tratamento desse material”, ressaltou.

A população desses municípios já sente os benefícios desde o início da operação da concessionária, em novembro de 2021.

“Os funcionários da Águas do Rio estão sempre fazendo os consertos necessários. Achamos isso maravilhoso, pois agora somos atendidos. Moro aqui há muitos anos e só tinha visto esse tipo de atendimento uma única vez”, relatou Maria Elma Borges, de 53 anos, moradora do bairro Figueira, em Duque de Caxias.

Maria Elma é proprietária de fábrica de gesso na região e contou que faz sua parte na hora de realizar o descarte de materiais. Ela e sua equipe utilizam filtro em todos os ralos do imóvel para que os resíduos da produção não sejam descartados na rede coletora de esgoto.

“Nós sabemos que o produto que usamos pode acabar entupindo as redes de esgoto e as valas do nosso bairro. Com isso, estamos pensando no meio ambiente e em nossos vizinhos”, explicou.

Mais saúde e qualidade de vida

A manutenção do sistema de esgotamento sanitário existente traz impactos positivos no desenvolvimento da cidade, na saúde e qualidade de vida da população, que adoece menos. Os imóveis atendidos com rede de esgoto ganham ainda em valorização imobiliária.

Em Nova Iguaçu, o aposentado Adilson Belmiro, de 68 anos, acompanhou de perto o trabalho da Águas do Rio e ficou satisfeito com o serviço executado na rua em que reside, onde foram retiradas mais de quatro caçambas de lixo da rede de esgoto.

“O esgoto transbordou no meu portão e, assim que falei com a empresa, vieram resolver. A rede estava entupida, além do mau cheiro, os insetos e animais que transmitem doença estavam se acumulando, trazendo risco para os moradores. Fiquei muito satisfeito com o trabalho que realizaram”, comentou.

A Águas do Rio informa que vem realizando série de investimentos e intervenções no sistema de esgoto em sua área de concessão. Na Baixada Fluminense, desde o ano passado, a empresa também já reativou mais de 38 quilômetros de rede coletora, contemplando os seguintes bairros: Jardim Leal, Vila Centenário, Lagunas, Dourados, Figueira, Jardim 25 de Agosto e Gramacho (Duque de Caxias); Boa Esperança, Jardim Gláucia e Redentor (Belford Roxo); Vila Nova (Nova Iguaçu) e Banco de Areia (Mesquita).

Compartilhar:

Veja Também

DDF e DA – Declaração de Conexão Saiba mais
DDF e DA – Declaração de Conexão

DECLARAÇÃO DE ABASTECIMENTO – DA e DECLARAÇÃO DE DESTINO FINAL – DDF DESCRIÇÃO: A Declaração de Abastecimento tem o objetivo de certifica...

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

DPIH DOH – HIDRANTES Saiba mais
DPIH DOH – HIDRANTES

DECLARAÇÃO DE POSSIBILIDADE DE INSTALAÇÃO DE HIDRANTE – DPIH e DECLARAÇÃO DE OPERAÇÃO DE HIDRANTE – DOH DESCRIÇÃO: A Declaração de Possib...

Viabilidade de Empreendimento Saiba mais
Viabilidade de Empreendimento

Viabilidade de Empreendimentos