Notícia

Ver notícia

100 mil pessoas têm serviço de abastecimento normalizado em São João de Meriti

A rotina de um corredor é intensa. Treinos pesados, diariamente, visando um só objetivo: bom desempenho nas provas e uma medalha como reconhecimento pelo resultado. Quando o atletismo não é a única “profissão”, o corre é maior ainda. E disso, os irmãos Robson e Wladimir Santana sabem bem. Dividindo-se entre a corrida e sua loja de aluguel de ferramentas, em Coelho da Rocha, bairro de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, só um motivo era capaz de parar os comerciantes, a recorrente falta de água na região. Sem ter como lavar as roupas, tomar banho, ou se hidratar, eram obrigados a suspender as atividades.

Mas isso ficou para trás, porque há três meses, a situação mudou e eles só fazem correr. Dos treinos para casa, no mesmo bairro, e de lá para a loja.

Os integrantes da família Santana são apenas três dos mais de 100 mil moradores que vivem em Coelho da Rocha e no vizinho, Éden, que foram os primeiros bairros de Meriti a terem o serviço de abastecimento de água universalizado pela Águas do Rio.

“Aqui só tinha água duas vezes por semana, terça e sábado. E, quando tinha, era muito fraca. O banho era de “gato” e muitas vezes não dava nem pra lavar a louça. Agora mudou. Depois que a Águas do Rio assumiu essa questão de distribuição da água, normalizou e tem água todo dia. E é forte, com pressão”, conta Wladimir, que, junto com o irmão, virou um colecionador de medalhas, organizadas em um quadro pendurado na entrada da loja.

Booster Baixada beneficia 760 mil pessoas em Belford Roxo, Duque de Caxias e Meriti

Entre as melhorias realizadas pela concessionária está a recuperação das estações de bombeamento, especialmente a do Booster Baixada, que é o principal sistema da região. A unidade auxilia no fornecimento de água para aproximadamente 760 mil pessoas em São João de Meriti, Duque de Caxias e Belford Roxo. Ela recebeu bombas novas, houve melhorias na subestação de energia e troca de todo o sistema de automação. Agora, o booster Baixada é monitorado e operado remotamente, a partir do Centro de Operações Integradas na sede da Águas do Rio, na Zona Portuária do Rio.

Além disso, o combate aos vazamentos, com mais de 4.400 reparos nas tubulações e válvulas, reduziu a perda de água tratada, contribuindo para a maior disponibilidade de água e a melhora na pressão das redes.

O trabalho de recuperação das estruturas existentes, que permitem novas ligações de água, está acontecendo nos oito municípios atendidos pela empresa, onde cerca de 1,7 milhão de pessoas foram beneficiadas com a regularização no fornecimento, das quais mais de 130 mil com acesso à água tratada pela primeira vez.

Muito mais que números, histórias para contar

Em novembro de 2021, a concessionária Águas do Rio assumiu os serviços de saneamento em 27 cidades fluminenses. De lá para cá, além de bons resultados, a empresa vem acumulando várias histórias para contar. São experiências de quem viu a vida mudar com os serviços oferecidos pela empresa: o abastecimento regular de água tratada, a coleta e o tratamento de esgoto.

“Quando falamos em saneamento básico, falamos sobre transformar a vida de pessoas. Dizer isso não é um exagero. Só quem não podia fazer coisas simples, como tomar banho de chuveiro na sua própria casa ou lavar a louça depois do almoço, sabe o valor da água tratada na torneira”, afirma Alexandre Bianchini, presidente da Águas do Rio.

Dona Nazareth de Jesus Santana, mãe dos irmãos Robson e Wladimir, é noveleira de carteirinha e lembra do tempo em que não podia descansar e ver sua tv, porque precisava ir atrás de água pelo bairro, muitas vezes emprestada pelo vizinho ou dividida do carro-pipa com outros moradores.

“Moro aqui há 50 anos e era chato por causa da água que faltava muito. Tinha vezes que faltava na pia, no tanque, mas tinha uma biquinha ali nos fundos, baixinha. A gente apanhava dali, com muito sacrifício. Era uma água fininha e a gente vivia assim, com pouquinha. Eu levantava já enchendo tudo e aqui ficava cheio de panela com água. Não era fácil. Agora, não gasto mais meu tempo carregando balde com água, mas vendo novela” conta dona Nazareth com um sorriso no rosto.

Compartilhar:

Veja Também

Contatos Saiba mais
Contatos

O serviço de atendimento da Águas do Rio funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

DPIH DOH – HIDRANTES Saiba mais
DPIH DOH – HIDRANTES

DECLARAÇÃO DE POSSIBILIDADE DE INSTALAÇÃO DE HIDRANTE – DPIH e DECLARAÇÃO DE OPERAÇÃO DE HIDRANTE – DOH DESCRIÇÃO: A Declaração de Possib...

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.

Serviços Programados Saiba mais
Serviços Programados