Notícia

Ver notícia

Águas do Rio instalou dispositivos que monitoram a rede de água, proporcionando mais segurança operacional

 

A cidade de São Francisco de Itabapoana é a primeira da área de concessão da Águas do Rio no interior do estado a ter o sistema de abastecimento totalmente automatizado. Esta tecnologia permite o monitoramento estratégico durante 24h por dia, em tempo real, pelo Centro de Operações Integradas (COI), trazendo mais segurança operacional.

O processo de modernização do sistema começou em fevereiro e foi concluído neste mês. A intervenção foi realizada a partir da instalação de oito painéis eletrônicos pelas unidades de tratamento e poços de captação de água bruta. Cada painel é acompanhado de sensores que acompanham a pressão nas redes de abastecimento e de dispositivos que também analisam o desempenho do sistema de bombeamento. Dessa forma, o funcionamento da rede de água se tornou mais eficiente, garantindo o abastecimento contínuo para a população de São Francisco de Itabapoana.

“A automatização do sistema também é fundamental para que tenhamos tempo hábil para realizarmos intervenções corretivas com mais agilidade e com menos reflexo para o fornecimento de água para os clientes atendidos pela concessionária”, avalia o Coordenador de Automação da Águas do Rio, Victor Barreto.

As melhorias no sistema de água em São Francisco de Itabapoana não param por aqui. A empresa cumpre, diariamente, um rigoroso controle de qualidade que inclui coleta e análise para garantir que a água distribuída pela rede pública esteja dentro dos parâmetros de potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Em virtude do aumento de pessoas durante o verão, o consumo de água também se torna mais elevado, exigindo da concessionária o desenvolvimento de um plano especial para a temporada mais quente do ano. Para isso, a empresa também investiu em dispositivos que fazem o monitoramento populacional através de contadores de veículos, que funcionam por meio de câmeras interligadas a um software para calcular o número de pessoas a partir do tamanho do veículo.

“O uso dessa tecnologia é fundamental para o saneamento porque, a partir da variação da população flutuante, nós conseguimos, em médio prazo, melhorar a estratégia de abastecimento nos períodos de maior consumo de água”, reforça José Carlos Almeida, diretor-executivo da Águas do Rio no interior do estado.

As intervenções realizadas fazem parte do pacote de melhorias previstas para o município do Norte Fluminense, onde a Águas do Rio vai investir mais de R$ 44 milhões nos sistemas de água e coleta e tratamento de esgoto nos próximos cinco anos.

Compartilhar:

Veja Também

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro do que acontece na Águas do Rio com informações sobre abastecimento, obras, programas, projetos e muito mais.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas do Rio é responsável pelos serviços de saneamento básico em de 124 bairros do Rio de Janeiro e mais 27 municípios no estado.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas do Rio e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.