Notícia

Ver notícia

Concessionária estuda assumir as estações de tratamento que são de responsabilidade da prefeitura

 

A Águas do Rio recebeu nesta sexta-feira (15/10), na sede da concessionária no Porto Maravilha, a secretária de obras de Queimados, Cristina Remann, e a subsecretária, Magda Macedo. Na presença do presidente da companhia Alexandre Bianchini e dos diretores que atendem a superintendência da Baixada Fluminense, Luiz Fabbriani e Vitor Gabriel foi apresentado o panorama do esgotamento sanitário na cidade.

COI já monitora sistemas de Queimados

“Queimados é um dos municípios que impacta diretamente na Bacia do Rio Guandu, sendo nossa prioridade para contribuir com a recuperação ambiental do principal rio  que abastece a Região Metropolitana do Rio. Por isso, em cinco anos, serão investidos em torno de R$ 380 milhões somente na implantação dos sistemas de esgotamento sanitário, com redes, estações de bombeamento e de tratamento”, explicou Bianchini.

O município possui 13 Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), atualmente administradas pela prefeitura. A secretária de Obras de Queimados e os representantes da concessionária estudam a viabilidade dessas estações serem incorporadas ao sistema de esgoto que será operado pela Águas do Rio.

“Por solicitação da gestão municipal estamos realizando o mapeamento das 13 ETEs e um estudo de viabilidade técnica para inserir essas estações no sistema. Na próxima semana as equipes da Águas do Rio em conjunto com agentes da secretaria de Obras farão novas vistorias para fecharmos esse levantamento”, explica Fabbriani.

Na ocasião foi assinado o termo de mudança da titularidade da prestadora de serviço de saneamento básico em Queimados, que passa a ser Águas do Rio.

Durante a visita, o diretor operacional da Águas do Rio, Luiz Couto, apresentou o Centro de Operações Integradas (COI), apontando todo o planejamento estratégico para o início da operação plena, em 1° de novembro. Cristina e Magda puderam ver o funcionamento dos sistemas de água e esgoto de Queimados que já estão sendo monitorados pelo COI.

“Há mais de 20 anos realizo obras públicas e já acompanhei muitos planos de saneamento básico, mas nunca vi nenhum que gerasse tamanha expectativa quanto o da Águas do Rio. Estamos confiantes e acredito que será uma parceria de muito sucesso”, declara Cristina Remann.

 

Compartilhar:

Veja Também

DDF e DA – Declaração de Conexão Saiba mais
DDF e DA – Declaração de Conexão

DECLARAÇÃO DE ABASTECIMENTO – DA e DECLARAÇÃO DE DESTINO FINAL – DDF DESCRIÇÃO: A Declaração de Abastecimento tem o objetivo de certifica...

Relatório de Qualidade da Água Saiba mais
Relatório de Qualidade da Água

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

DPIH DOH – HIDRANTES Saiba mais
DPIH DOH – HIDRANTES

DECLARAÇÃO DE POSSIBILIDADE DE INSTALAÇÃO DE HIDRANTE – DPIH e DECLARAÇÃO DE OPERAÇÃO DE HIDRANTE – DOH DESCRIÇÃO: A Declaração de Possib...