Comunicado

Ver notícia

A Águas do Rio informa que o sistema de abastecimento em suas áreas de atuação na cidade do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense segue em processo de recuperação gradativa nesta quinta-feira (31/08). Às 4h17, o restabelecimento integral da produção na Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu, operada pela Cedae, completou 48 horas. Como o processo de normalização da distribuição de água é gradativo, a concessionária estima que, em até 72 horas, ou seja, até a madrugada desta sexta-feira (01/09), o fornecimento seja regularizado na maior parte das localidades impactadas.

  • Regiões afetadas: Centro e Zonas Norte e Sul do município do Rio de Janeiro e as cidades de Belford Roxo, Duque de Caxias, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Queimados e São João de Meriti, na Baixada

Ocorrências na retomada do abastecimento afetam a distribuição

Em algumas regiões, contudo, o prazo para normalização da distribuição de água foi estendido até o próximo fim de semana, em virtude de ocorrências registradas neste período de retomada do abastecimento. Após uma longa paralisação do sistema, como ocorreu na segunda-feira, a possibilidade de vazamentos aumenta, devido à variação da pressão da água nas estruturas das redes de distribuição.

Na Capital Fluminense, a concessionária já identificou, até o momento, cinco vazamentos em sua área de atuação, sendo três com impactos no abastecimento e já devidamente reparados. Fora da área de concessão da Águas do Rio, também foi detectado um vazamento que afeta a distribuição de água em regiões sob responsabilidade da companhia. Ele ocorre em Gericinó, na Zona Oeste, e já está sendo tratado pela Rio+Saneamento, concessionária que atua na região.

Já em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, equipes da Águas do Rio precisaram realizar reparos na rede de distribuição do bairro São Mateus, na terça-feira (29/08), após a detecção de uma ocorrência.  O abastecimento no local e em bairros vizinhos, bem como em partes de Duque de Caxias, foi retomado nesta quarta-feira (30/08) e, também, será normalizado, de forma gradativa, até o fim de semana.

Regiões impactadas pelas ocorrências registradas:

  • Duque de Caxias: Parque Lafaiete, Vila Paula, Vila Meriti e Vila Amélia
  • Nilópolis: Cabral, Cabuís (I e II), Centro, Olinda, Da Mina, Frigorífico, Manoel Reis (I e II), Nossa Senhora de Fátima, Nossa Cidade, Novo Horizonte, Paiol, Santos Dumont e Tropical
  • Rio de Janeiro: Acari, Barros Filho, Benfica, Brás de Pina, Coelho Neto, Colégio, Costa Barros, Engenho da Rainha, Engenho de Dentro, Guadalupe, Irajá, Jacarezinho, Jardim América, Méier, Parada de Lucas, Pavuna, Parque Colúmbia, Penha, Penha Circular, Rio Comprido, Rocha Miranda, Santa Teresa, Vicente de Carvalho, Vigário Geral, Vila da Penha, Vila Kosmos e Vista Alegre
  • São João de Meriti: Éden, Eng. Belford, Centro, Vila Tiradentes, Vila Rosali, Jardim Meriti, Venda Velha, Parque Araruama, Tomazinho e Vilar Dos Teles

A Águas do Rio orienta clientes comerciais e residenciais com reserva em caixas d’água e cisternas a fazer o uso consciente da água, priorizando as atividades essenciais até a regularização do fornecimento, e reforça que segue à disposição através do 0800 195 0 195, disponível para ligações gratuitas e mensagens via WhatsApp, 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Compartilhar:

Veja Também

Documentos Saiba mais
Documentos

Aqui você encontra os relatórios, arquivos e documentos de interesse público da Águas do Rio.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas do Rio e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Abastecimento de Água Saiba mais
Abastecimento de Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas do Rio.