Notícia

Ver notícia

Participantes conheceram as obras que estão sendo executadas pela Águas do Rio

 

Mais diálogo e proximidade com as lideranças comunitárias para agilizar a prestação dos serviços de água e esgoto. Esse é o objetivo da Águas do Rio, através do programa social Afluentes, que recebeu, na última quinta-feira (09/12), em um hotel no bairro Botafogo, mais de 30 líderes da Zona Sul do Rio de Janeiro.

Sinval destaca a importância do diálogo

Sinval destaca a importância do diálogo

Durante a reunião, o superintendente da Águas do Rio na capital, Sinval de Andrade, apresentou as metas e os investimentos previstos e ouviu os relatos das lideranças sobre a situação do saneamento básico na região.

“Essa troca é muito importante e nos faz enxergar mais de perto as necessidades da população. O Afluentes veio para ouvir as lideranças comunitárias, entender as dores dos moradores e com isso agir de forma assertiva”, ressaltou Sinval.

Os participantes também conheceram as obras que já estão em andamento na Zona Sul, como a melhoria do sistema de odor da Elevatória Parafuso, que é uma estação de bombeamento em Copacabana. Localizada em frente à praia mais famosa da cidade, a estação Parafuso está passando por uma restruturação do sistema de lavagem dos gases provenientes da matéria orgânica do esgoto para reduzir o odor no entorno.

Regina considera positivo o Afluentes

Regina considera positivo o Afluentes

As obras nas elevatórias existentes na Lagoa, também passaram por reformas e foram entregues logo na primeira semana de atuação da empresa. As duas elevatórias próximas ao Parque dos Patins, que estavam inoperantes, ganharam novos painéis de telemetria, que possibilitam a comunicação em tempo real com o Centro de Operações Integradas da concessionária, garantindo  maior segurança operacional do sistema.

Em São Conrado, a estação elevatória próxima ao Hotel Nacional está passando por uma obra de recuperação com a modernização dos equipamentos de telemetria, manutenção das bombas, desassoreamento do poço interno, além da limpeza do canal e restauração do prédio, que estava abandonado, causando insegurança à vizinhança.

“Estamos muito bem impressionados com a iniciativa da Águas do Rio, pois é a primeira vez que uma concessionária que está chegando chama a liderança comunitária para abrir o diálogo. Isso mostra que a empresa é proativa e está disposta a encarar esse desafio na cidade do Rio”, disse Regina Chiaradia, presidente da associação de moradores de Botafogo.

Segurança patrimonial é muito importante

Segurança patrimonial é muito importante

Em pouco mais de 30 dias de operação, foram executadas na região 13 obras de melhorias, com a implantação de sete quilômetros de novas redes de água para reforçar o abastecimento de 2 milhões de pessoas.

“Fiquei muito satisfeito com a reunião, não somente pelas melhorias em água e esgoto realizadas, mas também pela preocupação da empresa com a segurança nos imóveis de sua responsabilidade. Isso para mim é fundamental porque vejo muitos locais sendo invadidos por conta da situação de abandono”, ressaltou o morador de Botafogo, Murilo Biagi.

Nos próximos anos serão investidos em torno de R$ 5,7 bilhões para universalizar o acesso à água tratada e ao serviço de coleta e tratamento de esgoto.

Compartilhar:

Veja Também

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas do Rio é responsável pelos serviços de saneamento básico em de 124 bairros do Rio de Janeiro e mais 27 municípios no estado.

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro do que acontece na Águas do Rio com informações sobre abastecimento, obras, programas, projetos e muito mais.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.