Notícia

Ver notícia

Nadadores vão se deparar com estação de esgoto sem cheiro ruim, areia sendo monitorada e rede coletora da região com 1 tonelada a menos de dejetos

 

Levar saúde, qualidade de vida e sustentabilidade são alguns dos objetivos em comum entre a Águas do Rio e o Rei e Rainha do Mar. Por isso, assim como em fevereiro deste ano, a concessionária está participando do evento mais tradicional do calendário nacional de natação em águas abertas, levando água gelada para todos os competidores, neste domingo (11/12), no Posto 5, a partir das 7h. Dessa vez, além do cenário cinematográfico de Copacabana, os participantes vão se deparar com novidades dentro da água, na areia e até mesmo no ar.

Cada braçada para retomar o fôlego é importante para os competidores do Rei e Rainha do Mar e, há anos, o mau cheiro no Posto 5 era motivo de reclamação, como contou o professor de natação e participante ativo da competição, Pedro Moreira, de 24 anos. No local, funciona a Estação Elevatória Parafuso, que recebe o esgoto que passa pelo interceptor oceânico (um túnel de 5,5 metros de diâmetro que passa embaixo da Avenida Atlântica) e o encaminha para o Emissário Submarino de Ipanema.

“Passar pelo Posto 5 era igual a fazer apneia. O cheiro ruim exalava forte. O jeito era tapar o nariz e passar rápido, o mais rápido possível. Melhorou demais”, atesta o nadador.

Estação Parafuso

Em seu primeiro ano de atuação, a concessionária mudou esse cenário ao revitalizar toda a estação e garantir o tratamento de odores. Para a desodorização, os gases provenientes da matéria orgânica do esgoto passam por um sistema de lavagem. Além disso, a empresa instalou novos exaustores, reestruturou bombas e implementou o sistema de automação, monitorando o funcionamento da unidade 24h por dia.

Limpeza do Interceptor

O acesso dos atletas ao ponto de largada das provas da competição é na Avenida Atlântica. O que muitos não sabem é que sob ela passa o interceptor oceânico, uma galeria subterrânea, que chega a 5,5 metros de diâmetro, que leva esgoto de bairros da zona sul ao emissário submarino.

Desobstrução do interceptor oceânico em Copacabana

Em ação inédita, desde a construção do túnel, há 50 anos, a Águas do Rio realiza a limpeza da estrutura no trecho de Copacabana e já retirou quase 1 mil toneladas de sedimentos acumulados na tubulação. A iniciativa aumenta a capacidade de escoamento, reduzindo extravasamentos no sistema e a incidência de fenômenos como as línguas negras nas praias. Até março de 2023 este número deve chegar a 2 mil toneladas retiradas do subterrâneo de Copacabana.

 

 

Menos 4 piscinas olímpicas de esgoto nas galerias pluviais

Nas águas, os nadadores também encontrarão condições melhores. Com as iniciativas de combate ao despejo irregular de esgoto, mais de 4 piscinas olímpicas por mês de esgoto, 3,5 litros por segundo, deixaram de entrar nas galerias de águas pluviais – que em dias de chuvas intensas podem desaguar no mar. As equipes de fiscalização da concessionária percorreram 8,66 km de tubulações  de Copacabana, com robôs e vídeo inspeção, para identificar as ocorrências. Já foram emitidas notificações para 142 imóveis que apresentaram despejos irregulares e 64 casos já foram resolvidos.

Cuidados com a areia

Outra iniciativa da Águas do Rio em Copacabana é o monitoramento da qualidade da areia. Através de parceria com a Prefeitura do Rio, firmada em maio, a cada 15 dias a concessionária realiza a coleta de amostras da areia em três pontos de Copacabana, nas ruas Barão de Ipanema, República do Peru e Souza Lima. Até o momento, já foram encaminhadas para análise laboratorial 42 amostras. Os resultados são encaminhados para a Secretaria Municipal do Ambiente e Clima e divulgados no site do órgão. Os levantamentos dos dados colaboram para a realização de ações de fiscalização ambiental e dão maior segurança para os frequentadores.

Compromisso ambiental 

Pedro Rego Monteiro, CEO da Effect Sport, agência organizadora da competição, destacou que o patrocínio da concessionária vai além de apoiar o evento.

“Todo patrocínio é maravilhoso. Mas patrocínio que, além de aportar verba para viabilizar o evento, ativa, é melhor ainda. No caso da Águas do Rio no Rei e Rainha do Mar, essa força adicional está vindo de uma maneira que agrega valor não só para o evento, mas também para todos os cariocas e turistas que frequentam as praias da cidade durante o ano. O Rio agradece!”, exaltou.

Já o diretor superintendente da Águas do Rio na Capital, Sinval Andrade, ressaltou a parceria e as ações realizadas pela concessionária, além de destacar o compromisso da empresa com o meio ambiente.

“Realizamos ações de impacto em Copacabana neste primeiro ano de concessão, tudo isso para combater a poluição ambiental e as línguas negras, e permitir que os atletas e a sociedade em geral possam desfrutar com segurança da praia mais famosa do mundo”, disse.

Compartilhar:

Veja Também

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas do Rio e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas do Rio é responsável pelos serviços de saneamento básico em de 124 bairros do Rio de Janeiro e mais 27 municípios no estado.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Abastecimento de Água Saiba mais
Abastecimento de Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas do Rio.