Notícia

Ver notícia

Águas do Rio anuncia investimentos de R$ 13 milhões nas comunidades da capital

 

Alexandre Bianchini

No Dia Mundial da Água, comemorado hoje, 22 de março, a Águas do Rio anuncia o investimento de R$ 6 milhões em um novo sistema de abastecimento de água no Complexo da Mangueira, na zona norte do Rio, que passará a ter abastecimento de água regular. Outros R$ 7 milhões serão aplicados na construção, reforma e ativação de 20 reservatórios, em diferentes comunidades da capital. Juntos, os dois projetos vão beneficiar cerca de 500 mil pessoas residentes em comunidades do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito pelo presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, essa manhã, no Morro da Coroa, em Santa Teresa, onde acontece a entrega do primeiro reservatório já reformado pela empresa.

“Mais que inaugurar um reservatório, abandonado há nove anos e agora recuperado, estamos aqui para renovar nosso compromisso de mudar a realidade do saneamento básico nas comunidades. Essa entrega, que vai melhorar bastante o abastecimento aqui dessa região, faz parte de uma sequência de investimentos de R$ 13 milhões para colocar em operação 20 reservatórios em diversas localidades do Rio de Janeiro. Além de recuperar todo o abastecimento do Complexo da Mangueira. Essa inauguração e anúncio são simbólicos nesse Dia Mundial da Água, trazendo esse bem essencial para a população que mais precisa”, afirmou Bianchini.

José Eduardo, ao centro

Para o presidente da Associação de Moradores do Morro da Coroa, José Eduardo, a ativação do reservatório vai melhorar a qualidade de vida dos 23 mil moradores da comunidade.

“Na região de Santa Tereza, o Morro da Coroa é o que mais sofre com problemas de desabastecimento. Agora a concessionária está entregando esse equipamento que tinha tantos vazamentos que foi deixado de lado”, contou.

Toz leva arte para Santa Teresa

Um grupo de 10 artistas da comunidade, liderados pelo grafiteiro TOZ, está grafitando as paredes do prédio do reservatório. “Essa é uma forma de agregar valor, garantir a preservação e fortalecer a interação da comunidade com a concessionária”, disse Guilherme Campos, diretor institucional da superintendência de comunidades da Águas do Rio.

Projeto Mangueira

 

Os recursos investidos na Mangueira serão usados na construção de um novo reservatório de 925 mil litros, com linhas ramificadas para todas as regiões do complexo e a ampliação de 588 metros de rede, parte na Rua Visconde de Niterói. Essa rede vai ligar a estação de bombeamento Icaraí ao novo reservatório na parte mais alto do morro. O trabalho deve durar aproximadamente oito meses.

“Realizamos um estudo de simulação hidráulica que apontou a melhor forma para regularizar o abastecimento de água na região. A proposta é construir um grande reservatório, ampliar a estação de bombeamento (elevatória) Icaraí e eliminar as outras estações existentes (Telegrafo, Pestalozzi e Candelária), criando um ponto único de bombeamento, explica o diretor-executivo da Águas do Rio para comunidades, Renan Mendonça.

Construção, reforma e ativação dos reservatórios

Renan, de colete, e lideranças comunitárias acompanham ativação do reservatório

Além da Mangueira, Águas do Rio vai construir quatro novos reservatórios em comunidades da zona norte e recuperar outros 15. Um deles é o do Morro do Dendê, na Ilha do Governador, interditado pela Defesa Civil, após apresentar rachaduras.

Os reservatórios existentes no Complexo da Penha, Morro da Formiga (Tijuca), Azevedo Lima (Rio Comprido) e Vila Primavera (Cavalcanti), que estão parados serão reformados e reativados.

Os 20 reservatórios vão entrar em operação com 100% de sua capacidade até o final de 2022.

Vamos construir outros 4 novos reservatórios

Desde que entrou em operação, a Águas do Rio implantou mais de 1,3 km de extensão de rede de água em áreas não urbanizadas e realizou mais de 21 mil serviços, entre desobstrução de rede de esgoto e reparo de vazamento de água. Através de um programa que a empresa desenvolve nas comunidades, chamado Vem Com a Gente, os agentes de saneamento estão identificando os problemas e regularizando os sistemas de água existentes. Em paralelo, a área operacional da companhia executa as melhorias no esgotamento sanitário. Eles ainda orientam os moradores sobre consumo racional e fazem o cadastro para a inclusão na tarifa social, benefício que está garantindo o acesso ao saneamento, a saúde, dignidade e mais qualidade de vida.

Dos 2.700 integrantes do programa Vem Com a Gente, 60 % moram em comunidades. Esse é um compromisso da Águas do Rio com a geração de emprego e renda nessas

Compartilhar:

Veja Também

Abastecimento de Água Saiba mais
Abastecimento de Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas do Rio.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas do Rio é responsável pelos serviços de saneamento básico em de 124 bairros do Rio de Janeiro e mais 27 municípios no estado.

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro do que acontece na Águas do Rio com informações sobre abastecimento, obras, programas, projetos e muito mais.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.