Notícia

Ver notícia

Obras de melhorias evitam desperdício e garantem abastecimento para duas mil pessoas no Complexo da Mangueira

 O orgulho de viver na Mangueira, comunidade que dá nome a segunda maior vencedora das escolas de samba campeãs do carnaval do Rio, não diminui os problemas diários de abastecimento vividos pelos moradores.  Berço de mestres como Cartola, Carlos Cachaça e Zé Espinguela, o morro ganhou o mundo com alegorias exuberantes que todos os anos desfilam pela Marquês de Sapucaí. O glamour da avenida só não foi capaz, na visão de seus moradores, de chamar a atenção das ‘autoridades’ para os problemas de saneamento da comunidade típicos do século XIX.

Travessa Bastião, vazamento de água há quase um ano é resolvido

Travessa Bastião, vazamento de água há quase um ano é resolvido

Por razões óbvias, as melhores pérolas do cancioneiro popular sobre falta de água retratam o Nordeste. Mas o líquido precioso já deu muito samba no Rio de Janeiro. Aliás, carnaval e meio ambiente têm uma longa história que, há anos, é contada nas letras de sambas-enredo. Em 2006 foi tema da Estação Primeira com o título “Das águas do São Francisco, nasce um rio de esperança“.  Naquele ano, a escola não ganhou, contudo, aflorou nos moradores a esperança de ter saneamento básico na comunidade. O desejo – e direito – de ter os problemas de abastecimento de água e coleta de esgoto resolvidos tomaram novo folego esta semana, quando a Águas do Rio iniciou as primeiras obras de melhoria na comunidade.

Três principais pontos de vazamentos foram extintos garantindo o reestabelecimento da pressão nas tubulações. O primeiro na Travessa da Liberdade, altura do n°26, que segundo os moradores existia há mais de seis meses e onde a água jorrava no quintal das casas por buracos nos canos. O segundo foco de desperdício estava na Travessa Bastião, n° 22, onde o vazamento já ocorria há um ano, e o terceiro, de grande proporção, estava ocasionando perda de pressão na tubulação de 50mm de diâmetro, na Travessa Bela Vista, n°14, que fornece água para quase metade da comunidade, comprometendo a distribuição.

A concessionária também consertou a rede de esgoto na Rua Domingos Ferreira com a troca de um trecho da tubulação e fez a adequação e remanejando do sistema esgoto na Rua da Cerâmica, altura do n°46.  As intervenções beneficiaram aproximadamente duas mil pessoas.

Adriana se diz muito satisfeita com a atenção da Águas do Rio

Adriana se diz muito satisfeita com a atenção da Águas do Rio

Adriana Domingos, uma das líderes comunitárias da região, está feliz com o cuidado da Águas do Rio com os moradores da comunidade. “Ficamos muito satisfeitos com a empresa, porque além de resolver os problemas, também vieram verificar se tudo foi atendido e a nossa opinião sobre a qualidade do serviço prestado. Essa atenção faz diferença”.

Em alguns endereços, o saneamento básico também era uma questão de saúde. “A dona Margarida, uma das pessoas beneficiadas com as obras, sofria tanto com a falta de água, quanto com o retorno de esgoto em sua casa. Hoje, ela vive agradecendo e falando sobre o conserto”, completou Adriana.

A comunidade é marcada pela falta de abastecimento de água. Por isso, a Águas do Rio segue trabalhando com dedicação para identificar as necessidades e executar obras de diferentes portes para solucionar as deficiências, na Mangueira e em várias comunidades em todas as cidades atendidas pela concessionária.

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas do Rio e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.