Notícia

Ver notícia

Duas executivas da Águas do Rio comandam mais de mil funcionários e são responsáveis pela operação de água e esgoto na maior parte da capital

 

O segredo é a gestão dos detalhes, afirma Elisa

O segredo é a gestão dos detalhes, afirma Elisa

A operação do complexo sistema de saneamento básico nas zonas Sul, Norte e Centro da capital está nas mãos de duas mulheres: a engenheira sanitária Thaís Gallina e a administradora Elisa Ribeiro. Minoria em um ambiente historicamente masculino, as diretoras executivas da Águas do Rio estão à frente do planejamento e da execução das obras de melhorias de água e esgoto nos 124 bairros do Rio de Janeiro, que fazem parte da área de atuação da concessionária. Sob o comando delas estão 1,2 mil profissionais de diversas especialidades, homens em sua grande maioria (80%).

“Algumas pessoas ainda se surpreendem quando em uma reunião de trabalho chega uma mulher para conduzir temas como engenharia, negócios, planejamento, logística. Mas isso é logo superado, a medida em que mostramos a nossa capacidade e experiência”, conta Elisa, que chefia uma equipe de 800 pessoas.

De acordo com ela, a “gestão dos detalhes”, é o melhor termo para denominar seu tipo de liderança. “Tenho o olhar 360º sobre todas as etapas que desenvolvo e tento passar isso para a minha equipe. É assim que faremos a diferença no projeto de mudança social e ambiental que estamos começando no Rio”, explica.

Thaís comanda  mais de 400 pessoas

Thaís comanda  mais de 400 pessoas

Elisa, de 48 anos, é responsável por 82 bairros da Zona Norte, região onde habitam 3 milhões de pessoas. Além do subúrbio carioca, faz parte de sua atuação a operação das quatro grandes estações de tratamento de esgoto: Penha, Alegria, Pavuna e Ilha do Governador.

E sob a batuta da engenheira sanitária Thaís Gallina, 31 anos, está um contingente de 409 pessoas, que atua nos sistemas de água e esgoto da Zona Sul e Centro do Rio de Janeiro. Ela lidera projetos estratégicos de saneamento básico para a recuperação ambiental de importantes cartões postais da cidade como a Lagoa Rodrigo de Freitas e a orla da Zona Sul.  “Nosso dia a dia é dinâmico. Se eventualmente ocorre um rompimento de uma rede água, por exemplo, tenho que mobilizar as equipes, suspender o abastecimento de uma região, pensar na logística de trânsito … tudo no menor tempo possível para não impactar a vida da população. É esse desafio que me move e me faz correr atrás dos resultados positivos”, conclui.

 

Compartilhar:

Veja Também

Documentos Saiba mais
Documentos

Aqui você encontra os relatórios, arquivos e documentos de interesse público da Águas do Rio.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Abastecimento de Água Saiba mais
Abastecimento de Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas do Rio.

Contatos Saiba mais
Contatos

O serviço de atendimento da Águas do Rio funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.