Notícia

Ver notícia

A rede de distribuição também está sendo recuperada e ampliada no município

 

O Reservatório Cabral, localizado em Gericinó, na cidade de Nilópolis é uma unidade importante para a distribuição de água na região. Para encher o reservatório, que tem capacidade para armazenar 13 milhões de litros de água, era preciso deixá-lo fora de operação por um período do dia.

Bombeamento do Reservatório Cabral

Bombeamento do Reservatório Cabral

Ao assumir o sistema de distribuição de água em Nilópolis, Águas do Rio iniciou uma série de obras e intervenções, de pequeno e médio portes, para recuperar e melhorar a estrutura existente. No caso do Reservatório Cabral, a intervenção não exigiu a substituição de equipamentos, mas sim a análise do funcionamento dos registros de entrada e saída de água, como explica o diretor executivo da concessionária na Baixada, Vitor Hugo Gabriel. “Para encher o reservatório e poder abastecer a população no dia seguinte, ele ficava cerca de de 12h parado. Após estudos técnicos, efetuamos ajustes nos registros, o que permitiu equilibrar os níveis de entrada e saída de água e regularizar a pressão”, diz Vitor.

Com essas mudanças operacionais, o reservatório passou a operar 24h por dia, sem interrupção, melhorando o abastecimento de aproximadamente 100 mil pessoas, principalmente nos pontos mais distantes da cidade.

"Olha como a água agora está chegando forte", diz Antônia

“Olha como a água agora está chegando forte”, diz Antônia

Antônia Monsores, de 56 anos, é testemunha do avanço e está feliz por ter água com periodicidade em casa. “Não estou tendo problemas com água aqui. Ela está vindo bem forte ultimamente. Posso lavar minhas roupas com tranquilidade, tomar banho, fazer comida e todas as minhas atividades aqui em casa. Desde que a Águas do Rio entrou, o serviço melhorou muito!”, afirma empolgada Antônia, que mora na Avenida Mirandela, no Centro.

Águas do Rio já contabilizou mais de 900 atendimentos em Nilópolis, entre reparos de vazamentos e de cavaletes, desobstrução de ramais, troca de bombas e de registros deteriorados, novas ligações, entre outros.

A substituição de redes precárias tem sido outra prioridade da concessionária para acabar com os problemas históricos de falta d’água no município. É o que está acontecendo na Avenida Dr. Manuel Reis, no centro da cidade, com a implantação de uma nova rede, de 654 metros de extensão, que vai levar água potável para cerca de 420 nilopolitanos.

“Estamos trabalhando muito para mudar a realidade do fornecimento de água na Baixada Fluminense e expandir cada vez mais o acesso à água potável”, afirma Aislan Miossi, coordenador operacional da Águas do Rio em Nilópolis e Mesquita.

 

Compartilhar:

Veja Também

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro do que acontece na Águas do Rio com informações sobre abastecimento, obras, programas, projetos e muito mais.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas do Rio é responsável pelos serviços de saneamento básico em de 124 bairros do Rio de Janeiro e mais 27 municípios no estado.

Documentos Saiba mais
Documentos

Aqui você encontra os relatórios, arquivos e documentos de interesse público da Águas do Rio.