Notícia

Ver notícia

Após melhorias da Águas do Rio, mais de 3 mil pessoas, finalmente, têm abastecimento de qualidade e regular

 

Mais de 3 mil pessoas no bairro Cacuia, em Nova Iguaçu, tiveram a realidade mudada com as obras de melhorias da Águas do Rio. Com a implantação de 80 metros de extensão de novas redes de água tratada na Rua Lafaiete Pimenta, o abastecimento de grande parte da região agora está regular.

                  Morador Jorge Luiz

Segundo relato de moradores, o local era abastecido de forma intermitente há anos e os intervalos irregulares impediam que a população vivesse de forma confortável. Um dos favorecidos com as obras de melhorias na localidade foi o autônomo, Jorge Luiz, de 57 anos, que acompanhou o trabalho das equipes até o final da intervenção. Pela primeira vez, ele pode lavar as frutas que vende no estabelecimento que construiu na frente de sua residência, com a garantia de uma água de qualidade.

“É fácil perceber a diferença na qualidade da água. Abri a torneira e ela veio com pressão e, até agora, não faltou nenhum dia. É uma satisfação que transforma nossa rotina. Agora sim, eu confio de onde a água vem e posso ficar tranquilo. Meu trabalho vai render mais e a saúde da minha família está garantida”, contou.

Proporcionar saúde e dignidade através do acesso à água tratada é o principal objetivo determinado pela Águas do Rio. “Desde que chegamos na cidade, estabelecemos que um de nossos pilares seria transformar a vida dos Iguaçuanos através do acesso regular à água potável. Em nove meses de atuação, alcançamos mais de 50 mil pessoas com as obras de melhorias e intervenções realizadas. Nosso compromisso vai além da prestação de um serviço essencial, nos aproximamos da população para identificar as principais necessidades e promovemos o bem-estar social através do saneamento”, explicou o diretor-superintendente, Luiz Fabbriani.

Intervenções contemplam mais de 1.600 alunos do CIEP Vereador José Lopes

Antes das intervenções da concessionária, a maior parte da água utilizada pelos moradores do Cacuia vinha de poços artesianos ou encanamentos clandestinos e inapropriados, que ofereciam risco de vazamentos e contaminação. Para os alunos do CIEP (Centro Integrado de Educação Pública) Vereador José Lopes de Araujo a realidade, agora, também é outra.

Diretor da unidade, Flávio Gomes

Antes, a unidade escolar que atende mais de 1.600 alunos e conta com 220 funcionários, utilizava água de poço artesiano nos banheiros e para limpeza das dependências. Para a hidratação dos alunos e professores, era necessário a compra de 15 galões de água por dia. Segundo o diretor do CIEP, Flávio Gomes, a economia alcançada com a regularidade do abastecimento melhorou a rotina da unidade.

“Desde que a Águas do Rio realizou a intervenção em nosso bairro, a água está vindo com frequência. Sou funcionário desde 2009 e nunca tinha visto a água da maneira que acompanhei nessas últimas semanas. Em determinados períodos letivos, os alunos chegavam a perder mais de 100 dias de aula por ano, devido à falta d’água e, agora, conseguimos até economizar com os gastos que tínhamos antes. Estou muito satisfeito com essa evolução”, comentou diretor.

Compartilhar:

Veja Também

Projeto “Ação Gonçalo” leva educação, cidadania e empreendedorismo sustentável para população da cidade Saiba mais
Projeto “Ação Gonçalo” leva educação, cidadania e empreendedorismo sustentável para população da cidade

Moradores aproveitam atividades gratuitas neste sábado (4), no Barro Vermelho Com muita animação e atividades gratuitas, a população gonç...

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Viabilidade de Empreendimento Saiba mais
Viabilidade de Empreendimento

Viabilidade de Empreendimentos