Notícia

Ver notícia

Balanço mostra que mais de 600 líderes estão conectados

A construção de um mundo inclusivo e ambientalmente sustentável, que garanta qualidade de vida para todos, passa necessariamente pelo acesso ao saneamento básico e pelo engajamento social. Mesmo antes de assumir a operação plena dos serviços de água e esgoto, Águas do Rio estruturou a área de Responsabilidade Social para atuar principalmente nas comunidades de baixa renda. Na Baixada Fluminense, onde a concessionária atende nove municípios, a mobilização dos assistentes sociais já conectou 605 líderes comunitários, que estão contribuindo para identificar e agilizar os serviços de água e esgoto, através do programa Afluentes.

Luciana Muniz , coordenadora de Responsabilidade Social e Fabbriani apresentam os primeiros resultados sociais

Luciana Muniz , coordenadora de Responsabilidade Social e Fabbriani apresentam os primeiros resultados sociais

Esse dado faz parte do levantamento elaborado pela superintendência da Baixada, que avaliou as ações desenvolvidas nos últimos três meses, incluindo o período em que estava em operação assistida, nas cidades de Nova Iguaçu, Nilópolis, Mesquita, Queimados e Japeri.

“Com o apoio dos líderes de cada região alcançamos locais que eram considerados inacessíveis, levando água tratada e coleta e tratamento de esgoto e com isso mais dignidade e bem-estar. As lideranças comunitárias estão em campo, construindo uma relação de confiança e de credibilidade, que impacta positivamente em todos os setores da empresa”, afirma o diretor-superintendente na Baixada Luiz Fabbriani.

Além das lideranças envolvidas, o balanço social mostrou que em 90 dias, 3.280 pessoas estiveram presentes nas atividades promovidas pelo setor. Os dados foram apresentados durante um encontro realizado na sede da concessionária em Nova Iguaçu, no dia 02/12, e contou com as participações do Gerente de Responsabilidade Social da Águas do Rio, Willian Carvalho, e das consultoras da Oito Sustentabilidade, Cláudia Mattos e Aline Pimenta, que  apresentaram um diagnóstico com dados históricos sobre a Baixada Fluminense e Região Metropolitana, pontuando as particularidades e hábitos culturais de cada cidade, com foco na população, principalmente a periférica e suas formas de mobilização.

Aline, de azul, e Claúdia

Aline, de azul, e Cláudia

“Vejo aqui um trabalho pautado no acolhimento, acessibilidade e muita humanização. É mais que possível transformar ideias em ações e vocês são prova disso. A equipe está de parabéns e vejo que a Águas do Rio conseguirá contribuir muito com as comunidades nas regiões onde atua”, avalia Cláudia Mattos.

“Estou impressionado com os números apresentados aqui e saio deste encontro com grande satisfação de ver o quanto já foi desenvolvido na Baixada e a sinergia entre a equipe de Responsabilidade Social com os demais setores da empresa”, concluiu Willian.

 

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Abastecimento de Água Saiba mais
Abastecimento de Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas do Rio.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.