Notícia

Ver notícia

Treinamento sobre letramento racial do Programa Respeito Dá o Tom na região leste do Estado do Rio de Janeiro contemplou mais de 350 colaboradores da Águas do Rio

“A gente não ascende se não tiver oportunidade e a empresa garante isso, inclusive implantando a meta de ter 27% de negros em cargos de liderança até 2030.”, diz Malcom Bispo, o atual Gerente de Operações na Águas do Rio que entrou como trainee na Aegea, líder do setor privado de saneamento básico no Brasil, em um processo seletivo em que 50% dos candidatos eram negros e pardos. Para continuar disseminando este ideal, a primeira quinzena do mês de março foi de aprendizado sobre uma pauta que cabe a todos: a luta antirracista.

Através do treinamento “ABC da Raça: Letramento Racial”, iniciativa que compõe o programa Respeito Dá o Tom da Águas do Rio, mais de 350 colaboradores dos municípios de São Gonçalo, Maricá, Itaboraí, Tanguá e 3º distrito de Saquarema, puderam compreender a narrativa histórica de desigualdade social, bem como as características étnico-raciais da população brasileira, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O processo de letramento racial está sendo ministrado pelo Instituto Identidades do Brasil (IDBR) em todas as unidades da concessionária e “é um convite à mudança de pensamentos e atitudes que podem ser assumidos por qualquer pessoa em sua jornada antirracista” diz, Tiago Alves, consultor responsável por conduzir o tema junto ao programa para que os ambientes e práticas de trabalho da empresa estejam livres de discriminações e atitudes que comprometam a postura de respeito e cordialidade.

Branco dos olhos claros, Mateus Paiva, Supervisor de Operações de Água, reconhece que não enfrenta discriminação em sua rotina diária, mas sabe que, independentemente disso, ele pode contribuir para a redução das desigualdades e que “Nós devemos debater sobre ideias, não pessoas”. Ele participou do encontro que aconteceu em Maricá, no Rio de Janeiro, e ressaltou que “Todas as pessoas devem ser respeitadas e tratadas com dignidade, sem qualquer tipo de preconceito”, concluiu.

Redução das desigualdades no DNA

O Respeito Dá o Tom é um programa de diversidade racial lançado em 2017 pela Aegea, holding da qual a Águas do Rio faz parte, que tem como foco promover a equidade nas oportunidades de acesso, crescimento e desenvolvimento na empresa para a população negra (pretos e pardos) em todas as concessionárias.

A Águas do Rio, que está em operação há pouco mais de um ano, já implantou um programa de jovens aprendizes compostos com população 100% de negros (pretos e pardos) e está trabalhando para aumentar em 10% a ocupação de pessoas negras em cargo de liderança, além de promover que 45% de mulheres estejam nessas posições até 2030.

Compartilhar:

Veja Também

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas do Rio é responsável pelos serviços de saneamento básico em de 124 bairros do Rio de Janeiro e mais 27 municípios no estado.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas do Rio e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.