Notícia

Ver notícia

O desafio coletivo de construir um Rio melhor” é mais uma iniciativa trilhada a partir da Glocal Experience, realizada no ano passado e apoiada pela Águas do Rio e pelo Instituto Aegea

 

Rumo ao cumprimento da Agenda 2030, baseada nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, o fórum “O desafio coletivo de construir um Rio melhor” reuniu especialistas e lideranças dos mais diferentes setores para debater cenários factíveis para o futuro do Rio de Janeiro. O encontro ocorreu hoje, 25.01, no auditório da Editora Globo, no centro do Rio de Janeiro.

A Glocal traz a missão de construir até abril os Cenários Transformadores do Rio de Janeiro. Desse processo, ainda em construção, surgiram oito principais incertezas estruturais que precisam de ações colaborativas emergenciais: Saneamento básico, Segurança Pública, Desafios Ambientais, Desigualdade sócio territorial, Educação, Desemprego estrutural, Saúde Pública e Gestão pública.

Dividido em três painéis, o fórum abordou os temas: Sustentabilidade ambiental; Redução de desigualdades, desemprego e segurança pública; e O pacto social entre o cidadão e o Estado.

Painel mediado pela jornalista Ana Lucia Azevedo debate sustentabilidade — Foto: Roberto Moreyra

Ao lado da subsecretária de Recursos Hídricos e Sustentabilidade da Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Ana Asti, e do coordenador estratégico do Climate Realty Project Brasil (projeto do prêmio Nobel Al Gore),  Sérgio Besserman, o presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, debateu as ações necessárias para a sobrevivência harmônica entre o ser humano e o meio ambiente. Ele destacou resultados concretos de melhorias tanto sociais quanto e ambientais, a partir do trabalho que a concessionária vem desenvolvendo em 27 cidades fluminenses, como o acesso à água tratada, através do sistema público de abastecimento, para 250 mil pessoas que tiveram água encanada pela primeira vez.

“Não temos como desvincular uma coisa da outra. O saneamento básico é o nosso instrumento de transformação e geração de impacto positivo, mas não é a única. Nosso objetivo é fazer a nossa parte de uma forma tão inspiradora que seja um catalisador para um grande processo social de sustentabilidade”, afirmou Bianchini.

Compartilhar:

Veja Também

Projeto “Ação Gonçalo” leva educação, cidadania e empreendedorismo sustentável para população da cidade Saiba mais
Projeto “Ação Gonçalo” leva educação, cidadania e empreendedorismo sustentável para população da cidade

Moradores aproveitam atividades gratuitas neste sábado (4), no Barro Vermelho Com muita animação e atividades gratuitas, a população gonç...

DPIH DOH – HIDRANTES Saiba mais
DPIH DOH – HIDRANTES

DECLARAÇÃO DE POSSIBILIDADE DE INSTALAÇÃO DE HIDRANTE – DPIH e DECLARAÇÃO DE OPERAÇÃO DE HIDRANTE – DOH DESCRIÇÃO: A Declaração de Possib...

Serviços Programados Saiba mais
Serviços Programados

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.