Notícia

Ver notícia

Numa ação da Águas do Rio, alunos da rede pública na Ilha do Governador são desafiados a arrecadar óleo que seria descartado de forma incorreta

Alunos da Escola Municipal Rodrigo Otávio, no bairro Moneró, Ilha do Governador, Zona Norte carioca, são os mais novos aliados da sociedade na preservação do meio ambiente. Isso porque a instituição está participando da gincana do Programa De Olho no Óleo, da Águas do Rio e que está presente em cidades onde a concessionária atua. A iniciativa vai arrecadar com as turmas do Ensino Fundamental óleo de cozinha usado, com o objetivo de sensibilizar estudantes, familiares e toda a comunidade escolar sobre os danos causados por esse resíduo na rede de esgoto.

“Crianças e adolescentes são os nossos consumidores do futuro. É uma geração que cresce em meio a discussões ambientais relevantes e que tem o poder de influenciar quem está a sua volta para a adoção de hábitos mais sustentáveis”, afirmou Rodrigo Fernandes, Supervisor de Responsabilidade Social da companhia, lembrando ainda que o projeto já recolheu mais de 1100 litros de óleo de cozinha, o equivalente a dizer que mais de 27 milhões de litros de água foram preservados.

Jogar o óleo de cozinha usado na pia ou em algum ralo pode causar transtornos. A gordura, quando entra na rede de esgoto e em contato com a água fria, vira um bloco sólido capaz de entupir tubulações e comprometer o fluxo da rede. Essa prática pode causar o retorno do esgoto para o imóvel, mau cheiro, extravasamentos em vias públicas e ainda atrair ratos, baratas e outros animais. Se chegar nas redes pluviais, o resíduo ainda pode poluir rios, lagoas e o mar.

Saiba onde estão os ecopontos

Até junho, um ecoponto ficará disponível na escola. E, para engajar os alunos sobre o tema, a Águas do Rio realizou palestras educativas sobre saúde, meio ambiente e saneamento básico, além de explicar que o óleo de cozinha coletado será recolhido por empresa especializada que vai direcioná-lo para a produção de biodiesel.

A estudante Sabrina Ferreira, de 14 anos, contou como pretende envolver sua família na gincana:

“Para mim, o óleo ia para o esgoto e ponto final. Eu vou conversar com minha família sobre o que aprendi na palestra. Quero mostrar como o óleo prejudica o meio ambiente e até a nossa saúde”, disse.

O De Olho no Óleo também disponibiliza no Rio ecopontos nos bairros de Copacabana, Botafogo, Cosme Velho e Inhaúma. Eles funcionam de segunda até sexta, entre 10h e 16h. Confira os endereços:

  • Centro de Orientação e Reabilitação Beneficente de Inhaúma (Corbi): Rua Guarapuava, 98, Inhaúma.
  • Loja da Águas do Rio em Copacabana: Rua Francisco Sá, 86.
  • ONG Rio Solidário: Travessa Eurícles de Matos, 17, Laranjeiras.
  • Yázigi do Cosme Velho: Rua Cosme Velho, 89

Compartilhar:

Veja Também

Serviços Programados Saiba mais
Serviços Programados

DDF e DA – Declaração de Conexão Saiba mais
DDF e DA – Declaração de Conexão

DECLARAÇÃO DE ABASTECIMENTO – DA e DECLARAÇÃO DE DESTINO FINAL – DDF DESCRIÇÃO: A Declaração de Abastecimento tem o objetivo de certifica...

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.

Contatos Saiba mais
Contatos

O serviço de atendimento da Águas do Rio funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.