Notícia

Ver notícia

“BlueRio” é focado na geração de riqueza através da água, e conta com a participação da Águas do Rio e startups globais

O Estado do Rio quer gerar riqueza sustentável com negócios que têm a água como protagonista. Para isso, o Governo lançou o projeto “BlueRio”, que através de um “hub” de startups terá como objetivo buscar soluções inovadoras e as potencialidades do Rio de Janeiro nas áreas do saneamento, portos e logística, navegação, sustentabilidade e energia. A concessionária Águas do Rio foi uma das empresas que já se associaram ao programa, que será coordenado pela consultoria de inovação aberta Beta-i Brasil e terá como sede a Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro).

“O saneamento é um grande indutor da economia, com melhorias na saúde, educação e na qualidade de vida, além de valorização imobiliária e estímulo ao turismo, por exemplo. O Instituto Trata Brasil realizou um estudo de impacto econômico de nossa entrada em 27 cidades do estado e apurou um ganho líquido para a população de R$ 37 bilhões durante os 35 anos de execução de nosso contrato”, afirmou o presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini.

Segundo o governador em exercício e secretário estadual de Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha, a concessão dos serviços de saneamento foi o primeiro passo na criação de um projeto mais amplo, como o “BlueRio. “Sem saneamento não podemos falar de segurança hídrica ou de economia azul. O Governo do Rio teve a coragem de ser pioneiro neste cenário, com vistas à recuperação da Baía da Guanabara e dos nossos complexos lagunares. Mais uma vez, saímos na frente e mostramos nosso valor, quebrando paradigmas e investindo no que precisa ser investido”, frisou Pampolha.

Cofounder e CEO da Beta-i, Renata Ramalhosa disse que a iniciativa tem cinco pilares, sendo um deles o saneamento. “Estamos agora na fase de diagnóstico com cada empresa, mas queremos buscar mais eficiência, mais segurança portuária, criação de valor sobre os corpos hídricos entre a população periférica, o uso consciente da água. A sustentabilidade é transversal a todo o programa”, explicou.

Dentro do projeto, a Águas do Rio trabalhará, com diversos parceiros públicos e privados que atuam na área da economia azul, na co-criação de um futuro mais sustentável, com o uso consciente dos recursos hídricos. Além disso, há a expectativa de uma importante troca de experiência, com a realização de workshops, treinamentos e o desenvolvimento de projetos com startups internacionais, entre outras ações.

Compartilhar:

Veja Também

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

DPIH DOH – HIDRANTES Saiba mais
DPIH DOH – HIDRANTES

DECLARAÇÃO DE POSSIBILIDADE DE INSTALAÇÃO DE HIDRANTE – DPIH e DECLARAÇÃO DE OPERAÇÃO DE HIDRANTE – DOH DESCRIÇÃO: A Declaração de Possib...

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.