Notícia

Ver notícia

Águas do Rio troca 30 metros da rede de esgoto na comunidade Barreira do Vasco 

 

A história da Barreira do Vasco, na Zona Norte, está diretamente ligada a existência do Clube de Regatas Vasco da Gama. Nos anos de 1930, o clube, ainda jovem, acabava de erguer o Estádio de São Januário, na época, o maior da América do Sul. Daí o apelido Gigante da Colina, dada a altitude que a sede cruz-maltina estava em relação a Baía de Guanabara. Nos anos seguintes, a colina sumiu para dar lugar as casas populares que formariam a comunidade como conhecemos hoje e, em decorrência, os problemas de abastecimento que, segundo os moradores, atravessam décadas sem solução.

Obras de esgoto coloca fim as valas negras

Obras de esgoto colocam fim as valas negras

Esta semana, equipes da Águas do Rio entraram pela primeira vez na Barreira do Vasco para realizar obras em quatro pontos: ruas Geraldo Moreira, Expedicionário, Darci Vargas e Santo Antônio. Juntas elas tiveram mais de 30 metros de suas redes de esgoto trocadas. Além da criação de caixas de inspeção, elemento que facilita o acesso aos tubos para realização de limpeza e possível desobstrução. As intervenções fazem parte das ‘Obras de 100 dias’ anunciadas pela concessionária no dia que assumiu oficialmente a concessão da Cedae em 1º/11.

A Barreira do Vasco surgiu com a construção de casas de vilas proletárias criadas para abrigar famílias removidas de favelas da zona sul da cidade. Entre 1948 e 1950 uma ação de urbanização repartiu bicas de água, aumentou a rede de esgoto e ampliou ruas e caminhos de acesso à favela. Apesar dos problemas comuns a qualquer comunidade pobre, como falta d’água, de esgotamento sanitário e de energia, a primeira favela de São Cristóvão é privilegiada pela localização próxima a Avenida Brasil, Linha Vermelha, Centro Cultural de Tradições Nordestinas, o Centro da Cidade, e por ser plana e de fácil acesso.

Alexandra de Brito, moradora da comunidade, destacou há quanto tempo o saneamento básico era um problema: “Eu moro há 25 anos na Rua Darci Vargas, aqui na Barreira do Vasco, e o esgoto sempre foi uma grande questão, principalmente quando chovia. Agora, já houve chuva forte e ficou tudo bem. A obra realmente funcionou”, disse Alexandra.

Cerca de 5 mil pessoas foram beneficiadas com as obras pontuais que deram fim aos esgotos a céu aberto que corriam pelas ruas, problema recorrente na região.

“Ainda há muita coisa a ser feita aqui na comunidade, mas as obras executadas até agora já mostraram resultado e nos deixou muito esperançosos. Esgoto a céu aberto nunca mais”, completou Marcos Roberto Serafim, morador da Rua Expedicionário.

Compartilhar:

Veja Também

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

DDF e DA – Declaração de Conexão Saiba mais
DDF e DA – Declaração de Conexão

DECLARAÇÃO DE ABASTECIMENTO – DA e DECLARAÇÃO DE DESTINO FINAL – DDF DESCRIÇÃO: A Declaração de Abastecimento tem o objetivo de certifica...

Abastecimento de Água Saiba mais
Abastecimento de Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas do Rio.

DPIH DOH – HIDRANTES Saiba mais
DPIH DOH – HIDRANTES

DECLARAÇÃO DE POSSIBILIDADE DE INSTALAÇÃO DE HIDRANTE – DPIH e DECLARAÇÃO DE OPERAÇÃO DE HIDRANTE – DOH DESCRIÇÃO: A Declaração de Possib...