Notícia

Ver notícia

Seis válvulas reguladoras de pressão (VRPs) garantem eficácia na distribuição de água e ajudam a combater vazamentos nas tubulações

 

Reduzir o índice de perdas de água é uma das iniciativas propostas pela Águas do Rio em busca da constante melhora no abastecimento em Nova Iguaçu. A região, que apresenta um elevado índice de desperdício, foi beneficiada com a instalação do conjunto de seis Válvulas Reguladoras de Pressão (VRP’s) nas alças da principal adutora que abastece o município.

O último equipamento foi instalado no dia 12 (terça-feira), na alça 4, localizada na altura do bairro de Cabuçu, após estudos realizados pela equipe de Melhorias da Águas do Rio. As alças são responsáveis por transportar água das tubulações de grande porte para as menores, que por vez distribuem o recurso aos imóveis dos clientes. Ao receberem a VRP, as alças evitam desgastes nas tubulações de grandes diâmetros e distribuem água com regularidade para regiões mais distantes.

Para o gerente de Operações, Leonardo Canto, todos são beneficiados com a adequação da pressão nas tubulações e a redução do volume de água perdido.

      Leonardo Canto

“Quando reduzimos as perdas, diminuímos também o número de vazamentos e intervenções emergenciais na região, garantindo a eficácia na distribuição de água para a população. As perdas de água são um dos pontos mais frágeis do sistema de saneamento, pois além de trazerem impactos negativos para a empresa, causam danos para a população e o meio ambiente, adiando os investimentos para avanço do saneamento”, pontuou.

O diretor executivo da Águas do Rio, Vitor Hugo, explica que as áreas priorizadas para instalações foram definidas através de estudos técnicos, demonstrando os locais que apresentaram maior potencial de redução de perdas.

“O controle dos níveis de pressão é imprescindível para a eficácia do abastecimento, tendo em vista que uma rede com pressão elevada pode se romper ou apresentar vazamentos com facilidade. A instalação das VRP’s gera impacto imediato no fornecimento de água na região”, afirmou.

Equipamentos serão monitorados 24h por dia

A tecnologia empregada possibilita que os profissionais do Centro de Operações Integradas (COI), responsáveis pelo monitoramento das redes de abastecimento, identifiquem qualquer alteração nos sistemas de água e imediatamente acionem as equipes operacionais para que possam atuar em ações preventivas ou em reparos de forma ágil.

Compartilhar:

Veja Também

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

DDF e DA – Declaração de Conexão Saiba mais
DDF e DA – Declaração de Conexão

DECLARAÇÃO DE ABASTECIMENTO – DA e DECLARAÇÃO DE DESTINO FINAL – DDF DESCRIÇÃO: A Declaração de Abastecimento tem o objetivo de certifica...

Documentos Saiba mais
Documentos

Aqui você encontra os relatórios, arquivos e documentos de interesse público da Águas do Rio.

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro do que acontece na Águas do Rio com informações sobre abastecimento, obras, programas, projetos e muito mais.