Notícia

Ver notícia

Colaboradoras trouxeram reflexão do impacto do saneamento básico na vida de mulheres pretas que vivem em comunidades  

 

Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, preconceitos de raça e gênero foram os temas debatidos nos Diálogos Diários de Segurança (DDS) das equipes da superintendência de Comunidades. Os encontros, conduzidos exclusivamente por colaboradoras mulheres, fizeram parte de uma série de ações promovidas na semana pelo Respeito Dá o Tom, principal programa de diversidade e igualdade racial da Águas do Rio.

Para Tamara Fidelis, coordenadora do setor comercial da concessionária, além de trazer a reflexão sobre a luta diária das mulheres pretas pela equidade de gênero e raça na sociedade, os encontros foram uma oportunidade para as equipes entenderem o tamanho do impacto positivo que o saneamento básico faz na vida das moradoras de comunidades.

“São nesses territórios que mais vemos chefes de família pretas e pardas, mães solo, avós provedoras e tantas outras faces, lutando todos os dias, muitas vezes sem oportunidade de educação, saúde e direitos básicos. É importante promover essa reflexão para que o nosso time compartilhe do sentimento de responsabilidade social que a empresa tem dentro das comunidades do Rio de Janeiro”, disse Tamara, que também faz parte do comitê do Respeito Dá o Tom.

 

 

Compartilhar:

Veja Também

Relatório de Qualidade da Água Saiba mais
Relatório de Qualidade da Água

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.

DDF e DA – Declaração de Conexão Saiba mais
DDF e DA – Declaração de Conexão

DECLARAÇÃO DE ABASTECIMENTO – DA e DECLARAÇÃO DE DESTINO FINAL – DDF DESCRIÇÃO: A Declaração de Abastecimento tem o objetivo de certifica...

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro do que acontece na Águas do Rio com informações sobre abastecimento, obras, programas, projetos e muito mais.