Notícia

Ver notícia

Mais de 600 crianças participam dos projetos que atendem comunidades do Rio de Janeiro  

 

Uma quadra de tênis e a oportunidade de mudar a vida de centenas de jovens. No alto da Rocinha, Ester, de 18 anos, e João, de 17, treinam diariamente e puderam competir no torneio Winners, que abriu o Rio Open 2022. Mesmo não sendo os campeões em suas modalidades, eles levam do evento a esperança de um futuro melhor.

“O esporte gera mudanças muito positivas na vida dos alunos. Traz cidadania, disciplina, tira as crianças do ócio e ensina a respeitar o outro. Aqui, temos diversos alunos que foram além das aulas e passaram a levar renda para suas famílias trabalhando com o que aprenderam como boleiros, auxiliares técnicos e professores”, conta a assistente social da Escolinha de Tênis Fabiano de Paula, Silma Pinto Pereira.

Impacto social na comunidade onde atua é a diretriz que norteia a escolha dos projetos sociais que são apoiados pela Águas do Rio dentro da sua estratégia de ESG. Um deles é o projeto Nero, desenvolvido pelo Rio Open, onde mais de 600 crianças têm aulas gratuitas de tênis, durante todo ano, na Escolinha de Tênis Fabiano de Paula, na Rocinha, no projeto Tênis na Lagoa e no Futuro Bom.

Cauã Santos garante premiação para a Escolinha Fabiano de Paula

Cauã Santos garante premiação para a Escolinha Fabiano de Paula

“A continuidade do projeto social vai permitir que mais crianças e adolescentes tenham a mesma oportunidade que tive, há oito anos, quando conheci o tênis e vi que era uma chance de mudar minha vida. Hoje, aos 17 anos, estou como auxiliar de professor e meu salário é muito importante para a renda da minha família. E o esporte me proporcionou isso”, afirma João Carvalho, jovem esportista, que é exemplo em sua comunidade e em breve estará na faculdade cursando Educação Física.

O presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchinni, conta que as histórias desses jovens atletas foi o que motivou a empresa a apoiar esses projetos.

“Entendemos que a missão principal da Águas do Rio é a melhoria das redes de água de esgoto, mas temos um forte compromisso social com as localidades em que atuamos. Proporcionar a estas crianças e adolescentes o contato com o esporte contribui na transformação de vidas. Ver isso no torneio é motivador, mas para que a ‘partida não termine’ estamos dando continuidade ao projeto, investindo na jornada de futuros campeões, reforçando nosso compromisso social”, ressaltou Alexandre.

Maria Giulia, conquista 2º lugar no torneio Winners

Maria Giulia, conquista 2º lugar no torneio Winners

Durante o torneiro, além de usufruírem da complexa estrutura de um evento internacional e de competirem nas quadras de um ATP 500, cada vencedor dos projetos receberam um voucher para treinar por uma semana na IMG Academy, nos Estados Unidos. Além do prêmio entre os vencedores, foram sorteados três bolsas de Ensino Médio no Curso e Escola SEI.

Na premiação, que aconteceu ontem (14/02), Alexandre Bianchinni, entregou troféus da categoria 11 a 14 anos para a vice-campeã, Maria Giulia Pereira, do projeto Tênis na Lagoa, e para o vice-campeão Cauã Santos, do projeto Escolinha Fabiano de Paula.

 

Compartilhar:

Veja Também

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Abastecimento de Água Saiba mais
Abastecimento de Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas do Rio.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro do que acontece na Águas do Rio com informações sobre abastecimento, obras, programas, projetos e muito mais.