Notícia

Ver notícia

Jovens de pré-vestibulares sociais do Centro e da Tijuca têm tarde de passeio e oficinais

Para marcar o mês da consciência negra, o time de Responsabilidade Social da Águas do Rio levou 60 jovens para um passeio histórico e cultural no Centro do Rio de Janeiro, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro. O lugar escolhido para o tour com os alunos dos pré-vestibulares Ser Cidadão e Educafro foi a região da Pequena África, conhecida por abrigar boa parte da herança africana da cidade.

O circuito durou cerca de três horas e foi feito a pé, passando por lugares como o Jardim Suspenso do Valongo, o Cemitério dos Pretos Novos, a Pedra do Sal e o Cais do Valongo, que foi, no século XIX, ponto de desembarque de pessoas escravizadas que chegavam de navio no Rio de Janeiro.

“Aprender coletivamente e caminhando pelas ruas da cidade é um jeito de sair um pouco dos livros e, de alguma forma, olhar para o mundo real. É muito importante que empresas grandes apoiem a pauta de combate ao racismo porque nem todo mundo tem acesso à informação. Tomara que outras empresas se espelhem na Águas do Rio e desenvolvam projetos e iniciativas como essa”, afirma Thalita Santos, aluna do curso pré-vestibular Ser Cidadão.

Após o percurso do trajeto, a equipe de Responsabilidade Social propôs o envolvimento das turmas em duas oficinas. Após apresentação do poema “Eu tenho um sonho”, de Martin Luther King, os alunos do pré-vestibular Ser Cidadão, foram convidados a escreverem ou desenharem seus sonhos para tornar a sociedade mais justa e igualitária. Já na oficina “Construindo Laços Abayomi”, os participantes do Educafro compartilharam conhecimentos e tiveram a oportunidade de confeccionar uma boneca Abayomi, que na linguagem yorubá significa “encontro precioso”.

Para a Analista de Responsabilidade Social, Waleska dos Santos, discutir a questão racial é fundamental e irreversível. “O que difere é a forma como nós vamos combater o preconceito e a Águas do Rio está convidando a gente pra se envolver nessa temática importantíssima”, reforça.

A iniciativa faz parte do programa Respeito Dá o Tom, da Aegea, que está completando cinco anos em 2022, e introduz na cultura da empresa as métricas estabelecidas pelo Objetivo 10 da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a redução da desigualdade racial no mercado de trabalho.

“Para além da preparação para o vestibular, é essencial que eles também possam se preparar para serem cidadãos conscientes, atualizados e entendedores das dinâmicas sociais. Para muitos deles, inclusive, é uma oportunidade de recuperar a autoestima e reconhecer suas identidades”, ressalta a professora de história Fernanda Torres, que conduziu o passeio.

 

Compartilhar:

Veja Também

Relatório de Qualidade da Água Saiba mais
Relatório de Qualidade da Água

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Documentos Saiba mais
Documentos

Aqui você encontra os relatórios, arquivos e documentos de interesse público da Águas do Rio.

Viabilidade de Empreendimento Saiba mais
Viabilidade de Empreendimento

Viabilidade de Empreendimentos