Notícia

Ver notícia

 65 mil pessoas serão beneficiadas inicialmente e o atendimento será ampliado para outros distritos com expansão de redes de distribuição.

Uma Estação de Tratamento de Água (ETA) com um reservatório com capacidade para tratar 330 litros de água por segundo e armazenar cinco milhões de litros. Esta é a unidade entregue pela Águas do Rio, em Magé, neste domingo (12/06), em evento que marcou o aniversário de 457 anos da cidade e encerrou a Semana do Meio Ambiente. A inauguração aconteceu com a presença de autoridades e de muitos moradores que serão beneficiados com seu funcionamento.

“Moro em frente à ETA, e ver esta obra sendo entregue depois de tanto tempo traz esperança pra gente, porque água é saúde, é dignidade. Já precisei andar duas horas para buscar água. Agora isso vai ficar no passado”, lembrou Jorge Luiz Pacheco, de 49 anos, ressaltando que a chegada da primeira Estação de Tratamento de Água em Magé é de muita importância para a região.

A nova ETA Magé, situada no bairro Vila Esperança, tem capacidade para tratar 330 litros por segundo e abastecer cerca de 114 mil pessoas. A unidade passa a integrar o sistema de abastecimento de água tratada na cidade, que atenderá de imediato a população do primeiro distrito, o que representa em torno de 65 mil pessoas.

A água que é captada no rio Roncador será tratada e transportada para o reservatório de 5 milhões de litros localizado perto da estação de tratamento, no bairro Vila Nova. Antes, a água que chegava na parte central de Magé passava pela Unidade de Tratamento Santo Aleixo, com captação nos rios Riachão da Lagoinha e Rio do Pico. “Agora, toda água tratada nessa unidade ficará na região de Santo Aleixo, não sendo mais necessário enviar para o centro. Dessa forma, a região onde vivem cerca de 12 mil pessoas também será beneficiada com o aumento da disponibilidade de água potável”, contou Cleyson Jacomini, diretor superintendente da concessionária na Baixada.

À medida que as redes forem sendo ampliadas pela concessionária, a distribuição chegará a outras localidades. “Surui e Guia de Pacoaiba (Mauá) – respectivamente 4º e 5º distritos de Magé – não possuem redes públicas de água. A maioria das casas tem poço artesiano. Quando assumimos o saneamento básico passamos a abastecer as escolas municipais dessas localidades com carros-pipa e a desenvolver um projeto para a recuperar e ampliar o sistema de água para atender toda a cidade. A ativação da ETA Magé era fundamental para garantir a qualidade e regularidade no fornecimento e para permitir a ampliação da distribuição para esses distritos”, explicou o diretor-executivo da Águas do Rio Marcelo Dall’Ovo.

 

Investimento no Saneamento Básico

O Presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, presente na inauguração da ETA, destacou o compromisso em levar água com qualidade, quantidade e preço justo à população: “Saneamento é um serviço essencial e estamos cientes de que a crise econômica ainda impacta muitas famílias. Por isso, vamos fazer com que a condição de pagamento por meio da tarifa social seja ampliada atingindo quem precisa, e beneficiando pessoas que antes não tinham oportunidade de ter água tratada encanada”.

Na ocasião, Bianchini também ressaltou os investimentos previstos para o município: “Nós assumimos o compromisso de, nos próximos 12 anos, universalizar os serviços de água e esgoto nas cidades onde estamos presentes. Em Magé, durante esse período serão investidos R$ 638 milhões, sendo que quase 50% desse valor serão aplicados nos primeiros cinco anos para recuperar, melhorar e ampliar os sistemas de água e esgoto. A retomada e conclusão da ETA Magé faz parte desse planejamento. Vamos prosseguir com as extensões de redes para poder levar água tratada às torneiras das casas dos mageenses e junto com esse serviço, aliado à coleta e tratamento de esgoto, os benefícios do saneamento: saúde, produtividade, desenvolvimento social e econômico e proteção ambiental. Esse é o nosso propósito: levar qualidade de vida para Magé”.

A cidade possui outras duas Unidades de Tratamento, em operação 24 horas por dia. A água que abastece Piabetá e adjacências vem da captação da Cachoeira do Véu da Noiva, no bairro Cachoeira Grande. A terceira está localizada na divisa entre os municípios de Guapimirim, Friburgo e Cachoeiras de Macacu.

 

ETA Magé

A estação começou a ser construída em 2004 pela Companhia Estadual de Água e Esgoto, antes da concessão dos serviços. No entanto, a construção ficou suspensa por um período. A Águas do Rio retomou a obra e investiu na finalização da parte estrutural, na recuperação dos equipamentos e nas instalações hidráulica e elétrica das unidades de bombeamento (elevatórias), tanto de água bruta na área de captação quanto de água tratada, e da subestação, além das ligações na adutora. A empresa atuou ainda na modernização do sistema e na comunicação para que a ETA seja monitorada, 24 horas em tempo real, no Centro de Operações Integradas na sede da Águas do Rio no centro da capital.

“O Governo do Estado sempre defendeu a concessão dos serviços de saneamento nos municípios fluminenses. O compromisso assumido pelas concessionárias nunca foi uma dúvida, mas fico realizado com o trabalho que vem sendo feito pela Águas do Rio em benefício das pessoas. A finalização da ETA Magé poderia ter ocorrido em um prazo maior, mas a concessionária não mediu esforços para entregar em pouco mais de seis meses de atuação. A Águas do Rio prometeu e cumpriu”, declarou o governador Cláudio Castro. O presidente da Cedae, Leonardo Soares, complementou afirmando que “em um primeiro momento, achei um prazo ousado, não acreditei que seria possível. Mas a concessionária conseguiu cumprir com o que anunciou”.

“A ETA Magé vai levar água com qualidade para os moradores, e também permitir a ampliação imobiliária e o desenvolvimento da região. É um sonho realizado e sinal de que ainda vem muitas melhorias para toda a população”, comentou o prefeito de Magé, Renato Cozzolino.

Compartilhar:

Veja Também

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Abastecimento de Água Saiba mais
Abastecimento de Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas do Rio.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.