Notícia

Ver notícia

O diretor superintendente da Águas do Rio, Sérgio Braga, se reuniu, entre os dias 28 e 29/09, com secretários da prefeitura de São Gonçalo para apresentar as primeiras iniciativas que vão ser realizadas na cidade, a partir do início da operação plena. O encontro contou com a participação dos secretários de Desenvolvimento Econômico, Marcio Picanço, da Fazenda, Thiago Saraiva Felício, de Ordem Pública, Major David Ricardo Gonçalves Costa, da Assistência Social, Edinaldo Basílio, e de Governo e Comunicação, Fábio Vianna, além dos subsecretários de Desenvolvimento Econômico, Alex Asth, e de Comunicação, Alexandre Coutinho.

Sérgio apresentou a empresa e contou sobre o projeto Afluentes e a disponibilidade da tarifa social nas comunidades. “Vamos iniciar as nossas ações no município com o projeto Afluentes, que tem como objetivo realizar uma forte integração entre lideranças comunitárias e a empresa, disponibilizando espaço para que os líderes possam expor as necessidades de cada localidade, referente ao saneamento básico, além de reportá-los à concessão para serem solucionados de forma imediata”, disse Sérgio.

Márcio Picanço ao lado de Sergio Braga e integrantes da secretaria de Desenvolvimento Econômico

O secretário Márcio Picanço ressaltou a importância desses projetos sociais para o desenvolvimento econômico na região. “As expectativas são grandes, porque sabemos que a nossa cidade tem uma rede muito precária de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgoto. Acreditamos que a nova concessão vai vir para trazer mais qualidade de vida para os gonçalenses e, consequentemente, promover o desenvolvimento econômico para o município. Esta parceria entre o poder público e o privado vem no momento certo para gerar bons frutos para a cidade”, comentou Márcio.

da Segundo o secretário Fazenda, Thiago, a cobrança dos serviços com programas voltados para famílias de baixa renda vai trazer dignidade para a população mais carente. “Além de dar continuidade à prestação dos serviços de água e esgoto aos atuais clientes da Cedae, a partir de novembro, a nova concessionária se propõe a oferecer e implementar novos canais de atendimento e iniciar trabalho de ampliação gradativa das redes para atender os munícipes que, atualmente, não dispõem desses serviços essenciais de forma digna e regularizada. É salutar a criação de uma tarifa social a fim de viabilizar o acesso às famílias de baixa renda para usufruírem da tão esperada chegada da água tratada em suas torneiras. Que esse seja o início de um trabalho para melhorar a vida do povo gonçalense” afirmou Thiago.

Para o Major David apoiar a empresa para que o trabalho desejado seja implantado é muito importante para mudar o estigma que a cidade carrega. “Se a concessão conseguir desenvolver o que está propondo para o início da operação, ela vai levar um avanço significativo para a cidade e para os cidadãos. Precisamos mudar e afastar esse estigma que São Gonçalo tem de ser uma das cidades mais violentas do estado e sem perspectiva de crescimento”, apontou o Major.

Edinaldo Basílio valorizou o importante papel da empresa na geração de empregos. “É fundamental essa parceria com a Águas do Rio, que tem como objetivo levar bem-estar para população, e isso passa por projetos que buscam promover a valorização e o aproveitamento da mão-de-obra local e geração de emprego e renda para pessoas das comunidades”, disse Edinaldo.

Fábio Vianna e Alexandre Coutinho destacam a importância a tarifa social

De acordo com o subsecretário de Comunicação, Alexandre Coutinho, é fundamental estreitar a comunicação entre a empresa e a prefeitura. “Recebemos diariamente pelos nossos canais e mídias sociais informações dos moradores sobre falta d’água e vazamentos de esgoto. É crucial termos essa relação e sinergia para criarmos um canal aberto com o intuito de solucionar os problemas de maneira rápida e efetiva”, disse Alexandre.

O secretário de Governo e Comunicação, Fabio Vianna, ressaltou que São Gonçalo é uma cidade complexa, com necessidades diferentes, mas que todos almejam ter serviços de qualidade. “Tentar integrar pessoas em situações vulneráveis na tarifa social e trabalhar para mudar a cultura delas, mostrando os benefícios do saneamento, são ações importantes que contribuirão para a cidade, a população e o governo”, concluiu Fábio.

 

 

 

Compartilhar:

Veja Também

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Contatos Saiba mais
Contatos

O serviço de atendimento da Águas do Rio funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.