Notícia

Ver notícia

Águas do Rio investe R$ 2 milhões em tecnologia que permitirá o controle do sistema 24 horas por dia

Um novo capítulo na história do abastecimento de água em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, começou a ser escrito. Com investimento de R$ 2 milhões da Águas do Rio, o município se tornará o primeiro da área de atuação da concessionária a contar com telemetria em 100% das principais estruturas do sistema de fornecimento. Isso significa um monitoramento, em tempo real, capaz de controlar e garantir a qualidade da água em áreas críticas.

Em seu Centro de Operações Integradas (COI), localizado na Zona Portuária da capital fluminense, a empresa conta com informações sobre pressão e volume da água em diferentes e estratégicos pontos do sistema que abastece o município. 

“Esse é um passo importante para universalização de água na cidade, que sempre sofreu com problemas no abastecimento. A melhoria vai possibilitar que outras ações para regularizar o fornecimento de água aconteçam, porque vamos conseguir identificar e atuar de forma preventiva. O objetivo é transformar a realidade dos meritienses, promovendo saúde e qualidade de vida por meio do acesso à água tratada”, disse Marcello Dall’Ovo, diretor da empresa.

A cidade conta com 23 macromedidores, aparelhos que servem para medir a quantidade de água disponibilizada por algumas das “portas” de entrada da água em São João de Meriti. Para conseguir monitorar o sistema em tempo real, a concessionária inicialmente recuperou o sistema de macromedição instalado em tubulações de grande porte, como as adutoras, garantindo a retomada da medição da vazão nas redes de distribuição. 

Também foram implantadas válvulas novas e modernas nas adutoras, o que permitirá, em breve, a instalação de equipamentos para monitoramento e controle remoto. Uma destas intervenções foi realizada e já está em operação: a automação da válvula que libera água da Adutora Principal da Baixada Fluminense para uma tubulação que reforça o fornecimento em São João de Meriti. 

Os moradores já sentem a mudança no dia a dia. É o caso de Euzir Aguiar, que vive há décadas na Rua do Catete, em Vilar dos Teles. Ela comentou sobre a mudança no seu cotidiano. 

“Eu vivi tempos difíceis. Para você ter ideia, eu levava minhas roupas sujas dentro de uma bolsa pesada para lavar no bairro vizinho. Agora, a situação melhorou. Depois que os meninos da Águas do Rio passaram aqui consertando as tubulações e colocando novos equipamentos, já deu pra sentir que mudou até a pressão da água que chega da rua. É felicidade demais abrir a torneira e ter água tratada”, afirmou Euzir.

Olhar para as redes internas

Além do monitoramento da vazão de entrada e saída da água por meio dos macromedidores nas grandes tubulações, a concessionária está com olhar atento também às redes internas do sistema. Para isso, iniciou a instalação de medidores de pressão em 38 pontos estratégicos, normalmente nas partes elevadas ou pontas da rede, onde é mais difícil garantir a chegada da água.

Todo esse processo de monitoramento incluiu ainda melhorias nas unidades de bombeamento. Ao todo, o município tem 51 sistemas de bombeamento monitorados em tempo real. Nas quatro maiores unidades, localizadas nos bairros São Mateus, Jardim Meriti, Éden e Coelho da Rocha, a empresa não só controla os principais parâmetros, mas também analisa a operação das bombas de forma remota.

Manutenções em medidores de vazão também garantiram um melhor monitoramento do nível da água em três importantes reservatórios da cidade: Coelho da Rocha, Jardim Meriti e São Mateus. Até dezembro, equipamentos de telemetria também serão instalados no reservatório de Vilar dos Teles.  Realizadas em apenas dois meses, essas ações de melhoria contaram com a participação de 60 profissionais.

Compartilhar:

Veja Também

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas do Rio e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas do Rio trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas regiões onde atua.

DDF e DA – Declaração de Conexão Saiba mais
DDF e DA – Declaração de Conexão

DECLARAÇÃO DE ABASTECIMENTO – DA e DECLARAÇÃO DE DESTINO FINAL – DDF DESCRIÇÃO: A Declaração de Abastecimento tem o objetivo de certifica...

Serviços Programados Saiba mais
Serviços Programados